Leia também:
X Leo Dias se manifesta e diz que quis adotar bebê de Klara

Após polêmica, Fontenelle oferece ajuda a Klara Castanho

Apresentadora gravou um vídeo, neste domingo

Pleno.News - 26/06/2022 21h38 | atualizado em 27/06/2022 09h33

Antonia Fontenelle Foto: Reprodução/ Print de vídeo Instagram Antonia Fontenelle

Antonia Fontenelle usou as redes sociais, neste domingo (26), para se manifestar sobre o episódio envolvendo a atriz Klara Castanho, da TV Globo, que ficou grávida após sofrer um estupro e acabou doando o bebê para adoção. Em um vídeo, postado no Instagram, a apresentadora ofereceu ajuda e marcou o perfil de Klara.

O assunto ganhou destaque após Fontenelle revelar, durante uma live, que uma atriz global de 21 anos havia engravidado e entregue a criança para a adoção. Apesar de não revelar o nome, Fontenelle chegou a dizer que o colunista Leo Dias, do portal Metrópoles, havia descoberto a história. De acordo com a apresentadora, a artista teria pedido ao colunista para não revelar o fato.

Em seu posicionamento deste domingo, Antonia disse que saiu mais uma vez como vilã da história por algo que não fez.

– Eu vou me dirigir diretamente à Klara Castanho. Apesar de [que] quando eu fiz a minha live, eu não citei o nome dela. Mas ela se apresentou, ontem. E aí eu saí, mais uma vez, de vilã da história por algo que eu não fiz. Eu não falei o nome dela, eu preservei o nome dela – falou.

Fontenelle também destacou a postura de Leo Dias e se ofereceu para ajudar a atriz.

– O Leo Dias nunca veio aqui nas minhas redes me defender. Mas por uma questão de justiça eu preciso dizer que dessa vez até o próprio Leo Dias protegeu a Klara e ofereceu ajuda. E agora é minha vez de fazer isso. Klara, você tem 21 anos de idade, você não é menor de idade, você vai entender. O que chegou até mim não foi o que você escreveu na sua carta. Quem me conhece, quem me acompanha sabe que eu faço um trabalho pesado contra a violência doméstica, contra a erotização infantil, contra violência contra criança, contra violência contra mulher. Eu acho que estuprador, neste país, tinha que ser morto. Tinha que ter pena de morte para estuprador. (…) Eu também quero te oferecer ajuda. E isso aqui não é papo de internet, não é lacração. (…) Eu, Klara Castanho, quero me colocar à sua disposição para fazer o que for possível e o impossível para colocar quem fez isso com você na cadeia. Me deixe lhe ajudar. (…) Me deixe chegar até quem fez isso com você e fazer ele pagar por isso. E lhe digo: eu tenho meios – declarou.

Leia também1 Leo Dias se manifesta e diz que quis adotar bebê de Klara
2 Klara Castanho: Coren-SP apura suposto vazamento de dados
3 Pai de Klara Castanho se pronuncia sobre decisão da filha
4 Fontenelle se queixa de ataques por expor história de Klara Castanho
5 Klara Castanho revela que engravidou após estupro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.