Leia também:
X Nathan Camargo, filho do cantor Luciano, casa-se com Izabella

Âncora do Balanço Geral xinga Lula e leva “bronca” da Record

Emissora considerou que atitude do apresentador foi um "excesso"

Monique Mello - 07/06/2022 12h53 | atualizado em 07/06/2022 14h40

Adelson Carvalho apresenta o Balanço Geral na Bahia Foto: Reprodução/Record TV Bahia

Adelson Carvalho, apresentador da Record na Bahia, levou uma bronca de seus superiores na emissora após xingar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante uma edição do Balanço Geral, na última semana.

Sem mencionar o nome do petista, o âncora o chamou de ex-presidiário, relacionando-o a um assalto cometido contra um idoso em Salvador. A reportagem sobre o assalto estava sendo apresentada pelo repórter João Kalil.

– Kalil, é de indignar, é o ex-presidiário dizer que tem pena desses jovens aí. O ex-presidiário fala abertamente que não suporta mais ver jovem apanhando, morrendo, porque roubou um celular para ter um dinheirinho. É, o ex-presidiário fala isso com a maior cara de pau. Com o maior cinismo! – disparou Adelson.

No mês passado, em um discurso sobre emprego durante evento do Solidariedade, Lula polemizou ao dizer que “uma juventude enorme às vezes é presa roubando um celular”.

– Dizem que mora num megaempreendimento de milhões. Que só viaja de jatinho, com todo mundo bem armado. É esse sujeito que defende esse tipo aí. Tá rindo da cara do povo, tá dando risada na cara desse idoso de quase 80 anos – prosseguiu o apresentador.

Além da direção da Record em Salvador, Carvalho também foi repreendido por Antonio Guerreiro, executivo número 1 do Jornalismo da emissora de Edir Macedo.

Gustavo Orlandi, diretor de Jornalismo da Record na Bahia, entendeu que Lula foi citado em uma questão totalmente fora de contexto. Ao site Notícias da TV, a Record confirmou que chamou a atenção do jornalista.

– Adelson Carvalho foi advertido pela direção de Jornalismo da Record TV em função dos comentários indevidos feitos na edição de quinta do programa. A orientação da direção de Jornalismo, de conhecimento de todas as redações e prevista em Manual de Práticas e Diretrizes, é para que os apresentadores se atenham estritamente aos fatos reportados. Portanto, a direção não corrobora com as opiniões pessoais emitidas pelo jornalista – informou a emissora.

A emissora informou ainda que houve um excesso por parte do apresentador e que um novo episódio pode acarretar em uma punição, como suspensão ou até demissão.

Leia também1 Repórter que irritou Bolsonaro é acusada de "trair" o SBT
2 Jornalista deixa afiliada da Globo por parceira da Record
3 Campeão de A Fazenda anuncia candidatura a deputado federal
4 Carlinhos Maia: Delegado foi afastado dias antes de roubo
5 Homem aponta arma de fogo em transmissão ao vivo na TV

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.