CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Boate frequentada por rappers será casa de shows gospel

Reginaldo Manzotti grava com Alok: “É preciso se reinventar”

Padre falou sobre a mistura de estilos e disse que esse é um meio de alcançar todos os públicos

Paulo Moura - 14/01/2020 11h55 | atualizado em 14/01/2020 12h00

Padre Reginaldo Manzotti grava com DJ Alok Foto: Reprodução

O padre Reginaldo Manzotti, conhecido por gravar músicas religiosas com cantores seculares como Michel Teló e a dupla Simone e Simaria, falou sobre a produção de seu mais novo DVD, intitulado “É tempo de inovar”, que tem lançamento previsto para março deste ano. O material vai contar com parcerias como o DJ Alok, o cantor Gustavo Mioto e a cantora Naiara Azevedo. Na opinião dele, a mistura de estilos é um meio de alcançar mais pessoas com sua música.

– Eu, particularmente, adoro música eletrônica e escuto Alok. É preciso se reinventar, atingir um público de todas as idades. Como é uma música animada, eu acredito que a aceitação será maior – acredita.

Manzotti também ressaltou que um dos motivos de unir sua música a estilos animados é mostrar que é possível ser cristão sem deixar de se divertir.

– Aquela visão equivocada que se tem de que um cristão é triste não bate com nossa espiritualidade. Eu brinco que quem é ranzinza tem que ficar atento. Esse sentimento não vem de Deus, vem do outro – afirma.

Por gravar com artistas de diversos estilos, o padre afirmou que ouve ritmos como eletrônica, sertanejo, rock e até funk, mas que reprova as letras do estilo popularizado no Rio de Janeiro.

– É muita popozuda para o meu gosto! Os termos são libidinosos, e isso não me ajuda. É muito explícito. Aí já não é para mim e não recomendo – completa.

Leia também1 Nasce Ravi, primeiro filho do DJ Alok e Romana Novais
2 Em programa de TV, DJ Alok fala como venceu a depressão
3 Romana Novais e DJ Alok anunciam nome do filho

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo