CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Madonna cancela shows por causa de “dores indescritíveis”

Ludmilla perde patrocínio por música de apologia à maconha

Parlamentares já haviam emitido nota de repúdio à canção

Rafael Ramos - 26/12/2019 17h22 | atualizado em 09/01/2020 19h43

Música de Ludmilla gera polêmica por causa de apologia Foto: Reprodução

Apesar da grande repercussão de seu novo hit Verdinha, a cantora Ludmilla teve um contrato cancelado para ser a nova garota-propaganda da marca Stúdio Z Calçados, a partir de 2020. Em uma rede social, a funkeira sugere que parte da desistência da marca se deve ao seu casamento com a bailarina Brunna Gonçalves de Oliveira.

– Que loucura essas marcas que falam de diversidade e cancelam uma campanha por puro preconceito. Essa é a ralidade de algumas marcas no Brasil: fazem um discurso inclusivo, igualitário e sem preconceitos por conveniência, mas por trás desse discurso não pensam nada disso.

Lançado no final de novembro, o clipe da música já conta com quase 25 milhões de views. Gravado em uma plantação de alface, o vídeo tem sido elogiado por algumas mães que alegam que seus filhos passaram a comer a verdura após o projeto.

Entretanto, o hit foi alvo de críticas por parte de alguns parlamentares. A deputada federal major Fabiana foi coautora de uma moção de repúdio para a canção. Já em Minas Gerais, o Cabo Junio Amaral (PSL/MG) notificou Verdinha à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal.

Quanto à Stúdio Z Calçados, eles informaram, através de seu departamento de marketing, que não têm nenhum contrato com Ludmilla. A empresa também informou que não irá mais comentar sobre o caso.

Leia também1 Toffoli derruba decisão contra Porta dos Fundos e Netflix
2 Ludmilla critica "preconceito" contra música sobre maconha
3 Deputado aciona PF e PGR por música de Ludmilla na Globo
4 Ludmilla faz Feliciano querer "cassar concessão da Globo já"
5 Advogados analisam música de Ludmilla sobre maconha

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo