CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Em post, Justin confirma luta contra a doença de Lyme

Ludmilla critica “preconceito” contra música sobre maconha

Cantora disse que pretende processar quem publicar calúnias contra ela

Henrique Gimenes - 08/01/2020 20h19 | atualizado em 08/01/2020 20h46

Ludmilla afirmou que irá processar quem publicar calúnias contra ela Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (8), a cantora Ludmilla se manifestou contra as críticas que está recebendo devido à letra da música Verdinha, que faz apologia à maconha. Em nota, ela informou que “não poupará esforços” na Justiça para “repelir e responsabilizar” autores de publicações caluniosas e difamatórias a seu respeito.

O posicionamento ocorre após o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) apresentar pedidos de investigação à Polícia Federal (PF) e à Procuradoria-Geral da República (PGR) pelo fato de a canção ter sido exibida no programa Encontro, apresentado por Fátima Bernardes na Rede Globo. As queixas têm por base a apologia às drogas. Outro que criticou a exibição foi o ministro da Cidadania, Osmar Terra.

A artista manifestou repúdio “ao cerceamento à liberdade de expressão cultural que, sistematicamente, vem sendo manifestado contra as letras das músicas de sua autoria”.

De acordo com a assessoria, Ludmilla “e sua equipe lamentam a veiculação de textos mascarados de mera reprovação ao que canta a artista, mas que na verdade servem como pano de fundo para disseminação do ódio, da discriminação e do preconceito”.

Veja a nota completa da artista:

A cantora Ludmilla, através de sua assessoria jurídica, representada pelo advogado José Estevam Macedo Lima, vem a público externar veemente repúdio ao cerceamento à liberdade de expressão cultural que, sistematicamente, vem sendo manifestado contra as letras das músicas de sua autoria.

Com efeito, a cantora tem sido alvo de postagens em redes sociais que constituem flagrante violação ao seu direito da livre manifestação cultural, que lhe é assegurado pela Constituição Federal, em seu art. 5º, inciso IX.

Nessa oportunidade, a artista e sua equipe lamentam a veiculação de textos mascarados de mera reprovação ao que canta a artista, mas que na verdade servem como pano de fundo para disseminação do ódio, da discriminação e do preconceito.

Por fim, a cantora esclarece que não poupará esforços para adotar todas as medidas cíveis e criminais que se fizerem necessárias, de modo a repelir e responsabilizar os autores das postagens de conteúdo discriminatório, preconceituoso, calunioso, infame e difamatório a seu respeito.

Leia também1 Osmar Terra critica música de Ludmilla: ‘Temos que frear o lobby da maconha’
2 Carla protesta contra música de Ludmilla: 'MP tem que agir'
3 Deputado aciona PF e PGR por música de Ludmilla na Globo
4 Ludmilla faz Feliciano querer "cassar concessão da Globo já"
5 Ludmilla perde patrocínio por música de apologia à maconha

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo