Leia também:
X Atriz revela que foi estuprada aos 14 anos: “Eu não queria”

Lisa Marie, filha de Elvis Presley, morre após ter parada cardíaca

Cantora chegou a ser levada às pressas para um hospital na Califórnia, mas não resistiu

Pleno.News - 13/01/2023 07h44 | atualizado em 13/01/2023 10h52

Lisa Marie Presley morreu após sofrer parada cardíaca Foto: EFE/EPA/JIMMY MORRIS

A cantora e compositora Lisa Marie Presley, filha única de Elvis Presley, morreu nesta quinta-feira (12). Ela chegou a ser levada às pressas para um hospital, na Califórnia, depois de sofrer uma parada cardíaca, anunciou a imprensa norte-americana. Lisa tinha 54 anos.

– É com o coração pesado que devo compartilhar a notícia devastadora de que minha linda filha Lisa Marie nos deixou – confirmou a mãe da cantora, Priscilla Presley, à Revista People.

Há poucos dias, Lisa Marie esteve na cerimônia do Globo de Ouro com sua mãe, onde viram Austin Butler ganhar o prêmio de melhor ator pela atuação em Elvis.

Nesta quinta, porém, ela sofreu uma parada cardíaca e foi levada a um hospital da Califórnia. A cantora chegou a recuperar os batimentos com a reanimação cardiopulmonar feita pelos paramédicos, de acordo com o site de entretenimento TMZ. Contudo, horas depois, a morte dela foi confirmada.

Lisa nasceu em 1968, no estado americano do Tennessee. Aos 4 anos de idade, se mudou com a mãe, Priscilla, para Los Angeles, após o divórcio dos pais. Quando Elvis morreu, em 1977, ela ainda não tinha completado 10 anos de idade.

Mesmo assim, herdou a veia artística do pai e seguiu carreira no mundo da música, tornando-se cantora e compositora. Ao longo da carreira, lançou três discos. Com o primeiro, To whom it may concern, lançado em 2003, Lisa figurou na quinta posição entre as produções mais populares dos Estados Unidos na época.

Assim como o pai, Lisa também introduziu os filhos no mundo das artes. Mãe de quatro filhos, ela viu uma delas, Riley Keough, se tornar atriz e ganhar notoriedade por suas habilidades de atuação na série antológica The Girlfriend Experience em 2016.

Em julho de 2020, porém, Lisa precisou conviver com o drama de enterrar o seu filho Benjamin, então com 27 anos, fruto do casamento com Danny Keough, pai também de Riley. Também músico, ele foi encontrado com um ferimento à bala na cabeça, o que levou a policia a suspeitar de suicídio.

Em um ensaio recente, escrito em agosto do ano passado, em homenagem ao Dia Nacional de Conscientização do Luto, pouco mais de dois anos da morte de Benjamin, Lisa assumiu que a partida do filho “a destruiu”.

Além de Riley e Benjamin, Lisa Marie também era mãe das gêmeas Finley Aaron Love e Harper Vivienne Anne, concebidas do casamento com Michael Lockwood, de quem se divorciou em maio do ano passado. Ela também foi casada com Michael Jackson e com Nicolas Cage.

No mesmo ensaio escrito em 2022, Lisa Marie disse que, embora o luto pela perda do filho a tivesse consumido, era pela vida das filhas, “minhas garotas”, como as chamava, que “ela seguia em frente”.

– A morte faz parte da vida, gostemos ou não – e o luto também. Há tanto para aprender e entender sobre o assunto, mas aqui está o que sei até agora: uma delas é que a dor não para ou desaparece em nenhum sentido – escreveu Lisa Marie sobre a perda do filho.

*AE

Leia também1 Bolsonaro trouxe brasileiros de Wuhan com cartão corporativo
2 Juiz bloqueia R$ 6,5 milhões de envolvidos em protestos no DF
3 Posse de irmã de Marielle Franco tem saudação a Xangô
4 STF fecha maioria para manter proibição a bloqueio de vias
5 Humorista que imitava Dilma mente sobre assalto, diz polícia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.