Leia também:
X Vittar posta vídeo misterioso e diz que “nova era chegou”

Justin vende direitos de suas canções por US$ 200 milhões

Repertório negociado inclui mais de 290 músicas

Pleno.News - 24/01/2023 17h07 | atualizado em 24/01/2023 17h33

Justin Bieber Foto: EFE/EPA/ETIENNE LAURENT

O cantor canadense Justin Bieber vendeu os direitos de seu catálogo musical à Hipgnosis por 200 milhões de dólares (mais de R$ 1 bilhão). A informação foi divulgada pela empresa e por uma fonte. Com a venda, o músico segue o caminho de artistas como Bob Dylan e Bruce Springsteen.

O Wall Street Journal informou, em dezembro de 2022, que o artista estava ofertando seus direitos por cerca de 200 milhões de dólares. O valor foi confirmado à AFP, nesta terça-feira (24), por uma fonte próxima.

– A Hipgnosis adquiriu todas as participações de Justin Bieber em seus direitos de lançamento [inclusive, a participação do autor nas apresentações], gravações master e direitos relacionados a todo o seu catálogo – disse a Hipgnosis.

A empresa é focada em gerenciamento e já possui os direitos musicais da banda Red Hot Chili Peppers. A Hipgnosis não divulgou o valor.

O repertório negociado inclui mais de 290 músicas lançadas antes de 31 de dezembro de 2021, entre elas os maiores sucessos Baby, Sorry e Love Yourself.

Esse é o acordo mais recente em uma longa lista de compras de direitos de autor, direitos de lançamento do catálogo de artista e direitos autorais, que se tornaram ativos valiosos principalmente com a revolução do streaming.

A compra fez parte de uma associação da Hipgnosis com a empresa de gestão financeira Blackstone, que anunciou, no final de 2021, um investimento de 1 bilhão de dólares (mais de R$ 5 bilhões) para continuar comprando música.

*AE

Leia também1 Relógio do Juízo Final chega mais perto do apocalipse
2 Pastor viraliza ao falar que ouviu música de Rihanna no inferno
3 Luto: Morre, aos 36 anos, o ator sul-coreano Na Chul
4 Spotify anuncia a demissão de 600 trabalhadores
5 Cantor quer nome atípico para o filho e cartório nega registro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.