Leia também:
X Morre, aos 69 anos, o jornalista e escritor Artur Xexéo

Filha de Laíla morre vítima da Covid-19 nove dias depois do pai

Diretor de Carnaval havia morrido no dia 18 de junho por conta de complicações da doença

Paulo Moura - 28/06/2021 09h13 | atualizado em 28/06/2021 09h47

Denize, filha de Laíla, ao lado do pai Foto: Reprodução

Morreu, na noite de domingo (27), Denize da Silva Ribeiro, de 56 anos, filha do diretor de Carnaval Laíla. Assim como o pai, ela também foi vítima da Covid-19. Denize havia sido internada no Hospital Evandro Freire, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, no dia 13 de junho. Um dia depois, ela foi transferida para o Hospital Ronaldo Gazolla, em Acari, também na Zona Norte.

A morte de Denize ocorreu apenas nove dias depois do falecimento do pai, que morreu no dia 18 de junho, aos 78 anos, após ter uma parada cardíaca decorrente de complicações da Covid-19. Ele estava internado no Hospital Israelita Albert Sabin, no bairro do Maracanã, Zona Norte do Rio.

O carnavalesco estava no Carnaval há mais de 50 anos e era uma das principais referências em desfiles de escolas de samba. Teve passagens pela Beija-Flor, onde conquistou diversos títulos, mas também trabalhou em escolas como Salgueiro, Vila Isabel, União da Ilha e Unidos da Tijuca.

Leia também1 Lula elogia China e diz que o país asiático tem um "partido forte"
2 Policiais cercam bairro onde Lázaro teria sido visto em Goiás
3 Conselho de Ética da Câmara do Rio decide hoje sobre Jairinho
4 Marcelo D2 critica gramado e leva 'invertida' do Juventude
5 Morre, aos 69 anos, o jornalista e escritor Artur Xexéo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.