Leia também:
X Waguinho comemora o batismo do pagodeiro Gerson Dupan

Esquerda “cancela” Caetano após fala sobre “reprodução hétero”

Militantes criticaram declaração do cantor em homenagem ao aniversário do filho

Paulo Moura - 23/11/2020 09h59 | atualizado em 23/11/2020 10h50

Caetano Veloso Foto: Reprodução

Artista declaradamente defensor de posicionamentos de esquerda e “exaltado” por grande parte dos militantes desse espectro político, o baiano Caetano Veloso foi o alvo da vez da “fúria” do grupo. O motivo da revolta foi uma postagem do cantor em homenagem ao aniversário do filho, Moreno Veloso, em que Caetano parabenizou o herdeiro pela “reprodução heterossexual”.

Hoje (22) é aniversário de Moreno. Parabéns à vida, à reprodução heterossexual, ao mundo que ganhou um habitante tão luminoso. Vê-lo explicando coisas de física numa conversa com o reitor da Unicamp é uma festa para o espírito – escreveu.

Caetano parabenizou o filho pelas redes sociais Foto: Reprodução

Imediatamente após a postagem, diversos militantes de esquerda passaram a atacar o cantor nas redes por conta do uso da expressão. Nas mensagens, os internautas afirmaram que tal termo seria redundante e classificaram a fala como machista.

– Claro, reprodução heterossexual, licença poética, lindo e verdadeiro, afinal ainda não nos reproduzimos por reprodução esporofítica né, minha gente…. Fala sério, cada uma – escreveu um usuário.

Apesar dos ataques, diversos internautas também parabenizaram o cantor pela fala e destacaram a importância da heterossexualidade que, segundo alguns usuários, estaria sendo “tão atacada atualmente”.

– Parabéns à reprodução heterossexual, viva a heterossexualidade tão atacada atualmente! Feliz aniversário Moreno Veloso! Parabéns Caetano Veloso e viva a importantíssima heterossexualidade que proporciona tanta felicidade nos pais e mães!!! – afirmou um internauta.

Confira alguns dos ataques feitos contra Caetano:

Em resposta às críticas, Caetano publicou uma mensagem em seu perfil no Instagram afirmando que destacou tal modo de reprodução por existirem, segundo ele, diversas formas de concepção de uma criança, como a utilização de uma “barriga de aluguel”, por exemplo.

Leia também1 "Esquerda conseguiu seu George Floyd", diz Eduardo Bolsonaro
2 Bolsonaro apresentará nova MP da regularização fundiária
3 Líderes evangélicos registram encontro com Jair Bolsonaro
4 SP: Ibope mostra Covas com 47% e Boulos com 35% no 2º turno
5 Olavo de Carvalho chama Moro de “moleque” e “analfabeto”

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.