Leia também:
X Ator morre durante gravações da novela O Sétimo Guardião

Com Pr. Lucas, congresso para jovens é opção ao carnaval

Evento totalmente gratuito acontece no interior de São Paulo

Camille Dornelles - 28/02/2019 10h00 | atualizado em 28/02/2019 11h36

A partir desta sexta-feira (1º), a Comunidade Evangélica Vida no Altar promove um congresso totalmente gratuito a jovens da cidade de Artur Nogueira, interior de São Paulo. O evento, que dura até o dia 5 de março, busca ser uma alternativa à folia do carnaval.

O Congresso Resistência Imparáveis terá participação de diversos artistas e palestrantes do meio gospel. Eles procuram incentivar a juventude a ser “relevante para a sociedade” e se diferenciar. Entre os convidados estão Pr. Lucas, Cia. Jeová Nissi, Amarcura e Kleber Pinheiro.

– Todos os anos eu vejo jovens subirem a avenida sóbrios e felizes, porém, ao voltarem, vejo adolescentes embriagados, meninas chorando, alguns carregados e outros em condições terríveis, sem contar os efeitos colaterais que surgirão depois. Eu vou ver uma geração mais saudável, mais honesta, mais íntegra, mais pura – relatou Pr. Lucas.

Um dos coordenadores da programação, Rafael Guedes, fala sobre os motivos por trás do formato do programa.

– Há cinco anos, em vez de nós nos retirarmos para acampamentos no período de carnaval, como fazíamos antes, decidimos ficar na cidade e servir à sociedade.

Além das apresentações, também haverá uma balada cristã na noite desta sexta, a partir das 23h. Para ela será cobrado ingresso. Para participar do restante do congresso é preciso levar um quilo de alimento não perecível. O montante arrecadado será doado a instituições de obras sociais.

Leia também1 Bateria da igreja de Waguinho fará evangelismo por 3 dias
2 No RJ, Comunidade da Zona Sul evangelizará foliões
3 Projeto Missões Rio realizará ações durante o Carnaval

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.