CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Após 40 anos, Roupa Nova decide mudar nome da banda

Cantora usa vestido com frase de apoio a Trump no Grammy

Joy Villa costuma defender sua posição política através de seus figurinos extravagantes

Rafael Ramos - 27/01/2020 18h35

Além de consagrar o talento da jovem Billie Eilish, a cerimônia de entrega do Grammy Awards, que aconteceu neste domingo (26), em Los Angeles (EUA), também teve espaço para ato político. Conhecida por seu estilo conservador, a cantora Joy Villa chegou ao Staples Center com um vestido onde se lia a mensagem “Trump 2020”.

– Como artista, uso minha voz para o que meu coração quer: excepcionalismo americano que eleva a integridade, a liberdade de expressão, os valores da família e nossa bela liberdade religiosa. Graças a Deus por Donald Trump! O primeiro presidente da história dos EUA a ser impugnado e reeleito por nós, o povo americano! – declarou Villa.

O figurino da marca Desi Designs Couture foi composto por um sobretudo branco que cobria um longo vestido vermelho com rabo de peixe. Além da frase “Trump 2020”, nas costas vinham as palavras impeached (impugnado) e re-elected (reeleito). Ela ainda carregou uma bolsinha com o símbolo do Partido Republicano.

O Grammy 2020 não foi a primeira festa a ser palco para o protesto de Joy Villa. Na premiação do ano passado, ela usou um vestido que fazia alusão ao muro construído por Trump e se mostrou a contra a imigração ilegal. Já no Grammy 2018, a cantora protestou contra o aborto e estampou a mensagem “Choose Life (Escolha a vida)” em um vestido branco.

Leia também1 Looks extravagantes marcam tapete vermelho do Grammy
2 Michelle Obama conquista Grammy por seu audiolivro
3 Aos 18 anos, Billie Eilish bate recorde no Grammy 2020
4 Alicia Keys homenageia Kobe na cerimônia do Grammy


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo