Leia também:
X Equipe de Datena é atingida por queda de árvore, em SP

Cantor perde briga com podcast antivacina e deixa Spotify

Neil Young pediu que a plataforma escolhesse entre ele ou o podcaster Joe Rogan

Pleno.News - 27/01/2022 15h44 | atualizado em 27/01/2022 16h28

Neil Young Foto: EFE/HANS KLAUS TECHT

Nesta quarta-feira (26), o Spotify confirmou que começou a retirar as músicas de Neil Young de seu catálogo. A remoção das canções é resultado de um ultimato do artista, que pediu que a plataforma escolhesse entre ele e o podcaster Joe Rogan, que é acusado de espalhar desinformação sobre a Covid-19.

Em seu site, Young publicou uma carta endereçada ao seu empresário e à sua gravadora, Warner Music Group, exigindo que o Spotify não disponibilizasse mais suas músicas. A carta acabou sendo apagada, mas, em uma segunda publicação, o cantor disse que o Spotify “se tornou o lar de desinformação que coloca vidas em risco” e que tem “mentiras vendidas por dinheiro”.

Em sua defesa, o Spotify alegou que busca equilibrar a segurança dos ouvintes com liberdade para criadores.

– Sentimos muito pela decisão de Neil em remover sua música do Spotify, mas esperamos recebê-lo de volta em breve – destacou a plataforma.

Leia também1 Eric Clapton crê que vacinados contra a Covid estão sob hipnose
2 Asaph Borba lamenta morte de Ferber: 'Deixa um legado'
3 Ana Paula Valadão sobre Ferber: "Aliança de verdadeira amizade"
4 Amigos destacam garra e legado deixados por Ludmila Ferber
5 Fernanda Brum lamenta morte de Ludmila Ferber: "Saudade"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.