Leia também:
X PT vai ao TSE contra proibição de “atos políticos” no Lollapalooza

“Cala a boca já morreu”, diz Lulu Santos no palco do Lollapalooza

Artista criticou decisão do TSE de proibir manifestações políticas no evento

Henrique Gimenes - 27/03/2022 21h56 | atualizado em 28/03/2022 09h14

Lulu Santos Foto: Rogério Fidalgo / AgNews

Apesar de o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter proibido manifestações políticas no festival Lollapalooza, o cantor Lulu Santos decidiu “desafiar” a medida. Durante sua apresentação no evento neste domingo (27), ele disse que é ele quem manda em sua boca.

A proibição foi determinada pelo ministro Raul Araújo, do TSE. Ele atendeu a um pedido do Partido Liberal (PL), que entrou, neste sábado (26), com uma representação na Corte contra o festival de música após artistas como Pabllo Vittar criticarem o atual presidente e exaltarem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), principal adversário de Bolsonaro nas eleições deste ano.

Lulu Santos se manifestou antes de cantar a música “Já Faz Tanto Tempo”.

– Como diz Carmen Lúcia, cala a boca já morreu, quem manda em minha boca sou eu – afirmou.

Assista ao momento:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Mario Frias🇧🇷 (@mariofriasoficial)

Leia também1 PT vai ao TSE contra proibição de "atos políticos" no Lollapalooza
2 Organizadores do Lollapalooza recorrem de proibição do TSE
3 Marcelo D2 vai ao STF para tentar derrubar decisão do TSE
4 Frias critica artistas: "Convertem palcos em palanque eleitoral"
5 Fresno contraria TSE e manda “Fora Bolsonaro” no Lollapalooza

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.