Leia também:
X Rebeca Carvalho aposta no eletrônico em novo single

Acusado de intolerância religiosa, Xanddy se defende

Cantor retirou a palavra "candomblé" de letra de música

Gabriela Doria - 06/08/2019 14h39 | atualizado em 06/08/2019 14h40

Cantor Xanddy se defendeu após ser acusado de intolerância religiosa Foto: Reprodução

O cantor Xanddy, do grupo Harmonia do Samba, usou as redes sociais para se defender da acusação de intolerância religiosa. O cantor, que é evangélico, retirou a expressão “o canto do candomblé” de uma música cantada em seu show e, por este motivo, foi acusado de intolerância pela atriz Luana Xavier, neta de Chica Xavier.

– Fui acusado de ser intolerante religioso e exposto na internet, onde pessoas que não me conhecem intimamente, estão, infelizmente, reduzindo o meu caráter de forma irresponsável e tóxica. Eu respeito e amo o ser humano seja ele católico, espírita, umbandista, candomblecista, judeus, budistas, evangélico. Acima de tudo procuro respeitar a história, particularidade e trajetória de todos, aprendendo a cada dia – escreveu Xandyy em seu Instagram.

Ele também afirmou que é próximo de pessoas que professam religiões de matriz africana.

– Muitas vezes, encontro nas incontáveis viagens que faço pessoas das religiões de matrizes africanas (principalmente na minha terra, na Bahia) e quase sempre, recebo um abraço gostoso, que vem acompanhado de palavras doces e, obviamente, tento corresponder à altura. Eu sou assim, gosto de ser assim. Quem me conhece sabe – destacou o cantor.

Ao final de seu texto, Xanddy pediu desculpas por eventualmente ter ofendido alguém e afirmou que não foi sua intenção.

– De qualquer forma, peço perdão se ofendi alguém. Do fundo do meu coração, acreditem, não houve intenção de machucá-los. Que Deus abençoe a todos – escreveu.

Leia também1 Cristão, Xanddy é criticado ao suprimir a palavra candomblé
2 Bolsonaro: "O Estado é laico, mas o presidente é cristão"
3 "As pessoas podem esperar um Kleber Lucas mais maduro"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.