Leia também:
X Velório de Elza Soares será no Theatro Municipal, e terá público

‘Acho que vou morrer’, disse Elza Soares à família antes de partir

Empresário detalhou os últimos momentos de vida da cantora

Thamirys Andrade - 21/01/2022 09h47 | atualizado em 21/01/2022 09h55

Elza Soares e mais famosos no Rio2C na Cidade das Artes no Rio de Janeiro.
Elza Soares no Rio2C, na Cidade das Artes, Rio de Janeiro Foto: Agnews / Rogerio Fidalgo

O empresário de Elza Soares, Pedro Loureiro, detalhou como foram as últimas horas de vida da cantora, que morreu nesta quinta-feira (21), aos 91 anos, por causas naturais.

Em entrevista ao G1, ele revelou que Elza previu que estava falecendo minutos antes e pôde se despedir da família.

Segundo Loureiro, o dia começou normal, e, como em qualquer outro, Elza realizou suas atividades de rotina.

– Acordou hoje e fez fisioterapia. Tudo normal. A gente até percebeu um leve cansaço nela, uma respiração mais ofegante, mas achamos que foi por causa da fisio – explicou.

Devido ao cansaço físico, Elza pediu para descansar e, neste momento, já pronunciava as palavras de forma confusa. Preocupados, os familiares perguntaram como ela estava se sentindo, mas a cantora assegurou que estava bem. Instantes depois, entretanto, aos parentes ela predisse sua partida: “Eu acho que eu vou morrer”.

Ao checarem sua oxigenação, os familiares notaram uma pequena alteração e acionaram o médico de Elza e uma ambulância, como forma de precaução. A cantora desfaleceu aos poucos e, 40 minutos depois, foi a óbito.

– Foi uma morte tranquila, sem traumas, sem motivo. Morreu de causas naturais. Esse, aliás, era um grande medo dela: ter uma morte sofrida, por doença. Hoje, ela simplesmente desligou – concluiu Pedro.

O empresário ainda relatou que a cantora gravou seu DVD nos dias 17 e 18 de janeiro, e a última música que cantou no projeto foi Me deixem cantar até o fim.

Elza está sendo velada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, no centro da cidade, e a cerimônia será aberta ao público a partir das 10h. O corpo será encaminhado, posteriormente, ao Jardim da Saudade Sulacap, e enterrado no setor do Cristo Redentor.

– Vamos fazer um velório à altura dela, de rainha, para que os fãs possa se despedir dela – assinalou o empresário.

 

Leia também1 Morre, aos 91 anos, a cantora e compositora Elza Soares
2 Elza Soares morreu no mesmo dia que Garrincha, após 39 anos
3 Velório de Elza Soares será no Theatro Municipal, e terá público
4 Mãe de saxofonista encontrado morto: ‘Dia ficou mais triste'
5 Artistas lamentam morte do saxofonista André Paganelli

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.