Leia também:
X Bolsonaro confirma presença no funeral da rainha Elizabeth II

Ex-BBB é demitida de programa ao declarar voto em Bolsonaro

Jaquelline Grohalski estava na apresentação de uma produção LGBTQIA+

Monique Mello - 11/09/2022 21h40 | atualizado em 12/09/2022 12h41

Jaquelline Grohalski declarou voto em Bolsonaro Foto: Thiago Duran / AgNews

A ex-BBB Jaquelline Grohalski foi retirada da apresentação do reality Cruzeiro Colorido, após declarar voto em Jair Bolsonaro (PL) nas eleições de outubro.

– Oficialmente declaro 22 nestas eleições. E antes que venham me atacar, pensem que antes de quererem mudança temos que respeitar o outro. Boa sorte a todos os candidatos… #Bolsonaro #22 – escreveu em seu perfil no Twitter.

A publicação repercutiu e, segundo a ex-sister, rendeu muitos ataques e xingamentos.

– Podem vir quente que hoje eu estou fervendo. Palavras ofensivas, falam mais sobre vocês do que de mim. O povo quer mudança e não aceita a opinião do outro, tenho que viver pra crer mesmo – disparou.

A equipe do programa, por sua vez, vez se pronunciou prontamente.

– O posicionamento do Cruzeiro Colorido é e sempre será apoiar quem apoia a comunidade LGBTQIAP+. Em nossa estreia, deixamos bem claro a importância de todas as conquistas e necessidade de termos mais pautas abordando políticas públicas sérias direcionadas à população LGBTQIAP+. Este é o nosso comprometimento, caminhar juntos e construir um futuro de mais inclusão e diversidade em nosso planeta – diz o comunicado, sem mencionar o nome de Jaquelline.

No perfil oficial da ex-BBB no Instagram, com mais de dois milhões de seguidores, o programa não é mais mencionado na bio. Cruzeiro Colorido se apresenta como o primeiro reality show LGBT do mundo e é uma parceria com a emissora italiana Ferrari TV e locado na Ilha de Sundara, em Angra dos Reis, litoral do estado do Rio de Janeiro.

Nas redes sociais, Jaqueline seguiu se defendendo e disse que o “medo do cancelamento” precisa acabar.

– Na real a gente tem que parar de ter medo do cancelamento e do que os outros vão pensar. Nem Jesus agradou, quem dirá eu… – declarou.

Leia também1 Jogador Lucas Moura declara apoio a Bolsonaro e critica Lula
2 Pai de santo de Anitta se declara eleitor de Bolsonaro
3 Campeã olímpica lamenta casal gay em Peppa Pig: "Fiscalizem"
4 Cristiano Ronaldo encontra Jordan B. Peterson e é criticado
5 “TSE está fazendo campanha pro Lula na cara dura”, diz Monark

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.