CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Picciani: 2ª Turma do STF concede prisão domiciliar

Para promover O Mecanismo, Netflix abre Loja da Corrupção

Estabelecimento exibe itens como "cueca doleira" e capinhas personalizadas para tornozeleira eletrônica

Gabriela Doria - 27/03/2018 20h01 | atualizado em 28/03/2018 13h18

Em uma ação promocional inédita, a Netflix acaba de inaugurar a Loja da Corrupção nos aeroportos de Congonhas e Brasília. A loja vende itens como “cueca doleira”, “gravata filmadora” e até capinhas personalizadas para tornozeleiras eletrônicas. Tudo isso para promover a série O Mecanismo, que tem como pano de fundo os escândalos da Operação Lava Jato.

– Entre no esquema, mas não saia da moda com a Loja da Corrupção. Para você que não anda na linha, mas anda da moda. Em qualquer ocasião, mantenha o bom gosto acima de tudo, até da lei – diz a campanha publicitária do estabelecimento.

A série O Mecanismo, dirigida por José Padilha, estreou na última sexta-feira (23) e já está causando polêmica. A ex-presidente Dilma Rousseff acusou o cineasta de propagar fake news com a produção, que, entre outros personagens, retrata o ex-presidente Lula e a própria petista.

Padilha rebateu o comentário de Dilma afirmando que “se a Dilma soubesse ler”, não haveria “esse problema”. O cineasta fez referência ao aviso exibido logo no início da produção, que diz que a obra é baseada em fatos reais, mas possui fins dramáticos e ficcionais.

Leia também1 Dilma critica série de Padilha e recebe resposta irônica
2 "Não sabe onde se meteu", diz Dilma sobre O Mecanismo