Leia também:
X Zambelli irá denunciar ao MP filme com ‘piada’ sobre pedofilia

Ministro critica filme com ‘piada’ de pedofilia: ‘Asqueroso’

Anderson Torres, da Justiça, disse que cobrou providências de seu Ministério

Henrique Gimenes - 13/03/2022 20h59 | atualizado em 14/03/2022 09h42

Bolsonaro e o ministro da Justiça, Anderson Torres Foto: PR/Marcos Corrêa

Neste domingo (13), o ministro da Justiça, Anderson Torres, se manifestou sobre a polêmica envolvendo o filme Como se Tornar o Pior Aluno da Escola, em que há uma cena retratando pedofilia. Em sua conta do Twitter, ele falou em “detalhes asquerosos” e determinou ao Ministério da Justiça que tome as providências.

Lançado em 2017, Como se Tornar o Pior Aluno da Escola voltou a chamar atenção por ter entrado no catálogo da Netflix e apresentar cenas escatológicas retratando a pedofilia. Em uma das cenas do filme, que é baseado em um livro homônimo escrito pelo apresentador Danilo Gentili, aparece o personagem de Fábio Porchat tentando abusar sexualmente de dois adolescentes.

Os ministro disse que tomou a atitude assim que soube dos detalhes.

– Assim que tomei conhecimento de detalhes asquerosos do filme “Como se tornar o pior aluno da escola”, atualmente em exibição na Netflix Brasil, determinei imediatamente que os vários setores do Ministério da Justiça adotem as providências cabíveis para o caso!! – apontou.

Leia também1 Influencer denuncia filme que faz piada com pedofilia
2 Zambelli irá denunciar ao MP filme com 'piada' sobre pedofilia
3 Gentili debocha de críticas a seu filme com piadas sobre pedofilia
4 Bolsonaro: 'A gasolina mais barata do mundo é a nossa'
5 Jair Bolsonaro recebe refugiados afegãos para almoço

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.