Leia também:
X “Erotização infantil”: Safadão é denunciado após vídeo com filha

Luva de Pedreiro e Allan Jesus vão à audiência de conciliação

Julgamento será realizado nesta terça-feira, na Barra da Tijuca

Gabriel Mansur - 26/07/2022 14h31 | atualizado em 26/07/2022 14h42

Allan Jesus e Luva de Pedreiro Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

A Justiça do Rio de Janeiro busca uma conciliação entre o influenciador Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, e seu ex-empresário, Allan Jesus. Prova disso é que uma audiência será realizada pela juíza Flávia Viveiro de Casteo, da 2ª Vara Cível da Barra da Tijuca, nesta terça-feira (26).

Uma reportagem publicada pelo Estadão relata que o ex-agente teria pedido R$ 20 milhões na Justiça para encerrar o acordo com o influenciador de forma amigável. O valor, no entanto, é quase quatro vezes maior ao da multa rescisória estabelecida no contrato assinado em 25 de fevereiro: R$ 5,2 milhões. O vínculo entre as partes era exclusivo e válido até 2025.

Nesta segunda-feira (25), em um vídeo postado em uma de suas redes sociais, Luva comentou a respeito de um novo contrato assinado, que ele afirma ser o maior de sua carreira, ainda que não tenha dado mais detalhes sobre a negociação.

– Fala, minha tropa. O cara da Luva de Pedreiro está aqui em São Paulo. Vim fazer o contrato da minha vida. Maior contrato do cara da Luva de Pedreiro. Graças a Deus, pai. Em nome do pai, do filho e do Espírito Santo. Amém. Receba. Aguardem, viu! – contou o influenciador.

Luva de Pedreiro, mesmo com o contrato vigente com Allan Jesus, rescindiu unilateralmente por achar que estava sendo prejudicado na sociedade. Agora, o influencer tem a sua carreira cuidada pela craque do futsal, Falcão, e o empresário Marcelo Seiroz, conhecido como Batata. Ambos chefiam a empresa F12 entertainment.

Leia também1 "Erotização infantil": Safadão é denunciado após vídeo com filha
2 Datena é condenado na Justiça por xingar homem ao vivo
3 Globo censura cena de Pantanal com indiretas a Bolsonaro
4 Fátima Bernardes: 'Não preciso declarar publicamente meu voto'
5 Repórter afirma que já foi agredido por apoiar Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.