Leia também:
X Academia divulga os candidatos ao Grammy Latino 2020

Diretor conclui filmagens da aguardada sequência de Avatar

James Cameron promete mais quatro filmes sobre a saga espacial

Rafael Ramos - 29/09/2020 12h38

Responsável por grandes sucessos de bilheteria, como Titanic e O Exterminador do Futuro, o diretor James Cameron anunciou que as filmagens da sequência do filme Avatar, que foi lançado em 2009, já estão concluídas. A previsão é que Avatar 2: O Caminho da Água chegue aos cinemas até dezembro de 2022.

Além disso, Avatar 3: O Portador da Semente está com 95% das filmagens finalizadas e deve estrear apenas em 2024. Se nada for alterado no cronograma, as partes 4 (O Cavaleiro de Tulkun) e 5 (A Busca Por Eywa) serão lançadas, respectivamente, em 2026 e 2028.

– A Covid-19 nos atingiu como atingiu a todos. Perdemos cerca de quatro meses e meio de produção. Como resultado disso, ralamos mais um ano inteiro para um lançamento em dezembro de 2022. Isso já foi anunciado. Agora, isso não significa que tenho um ano extra para terminar o filme, porque no dia em que entregarmos Avatar 2, começaremos a trabalhar na finalização do Avatar 3. Estamos filmando o restante da ação – disse Cameron, que filmou as cenas na Nova Zelândia.

O primeiro filme da saga dos Na’vi, os alienígenas azuis habitantes de Pandora, ficou durante anos como a maior bilheteria do cinema mundial com US$ 2,79 bilhões, o equivalente a R$ 15,2 bilhoes. Em 2019, a produção foi desbancada por Vingadores: Ultimato, a conclusão da saga Infinito do Universo Cinematográfico da Marvel.

Leia também1 Globo: Líderes religiosos cantam com Sandy e pedem tolerância
2 Academia divulga os candidatos ao Grammy Latino 2020
3 Arthur Aguiar aceita Jesus e é batizado em retiro da Lagoinha
4 SBT antecipa fim do contrato e demite Sheherazade por e-mail
5 Pai de Santo consegue primeira vitória contra a Netflix

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.