Leia também:
X Esposa de Cid Moreira rebate filho adotivo que processou o pai

Conheça o brasileiro que viajará ao espaço a turismo

Marcos Palhares é o 462° na fila para decolar em nave da Virgin Galactics

Thamirys Andrade - 14/07/2021 16h39 | atualizado em 14/07/2021 17h32

Marcos Palhares
Empresário já acumula inúmeras aventuras pelo mundo Foto: Reprodução

O escritor e palestrante Marcos Palhares já viajou em submarinos potentes pelas profundezas do oceano, pilotou tanques de guerra e chegou a atingir as alturas da estratosfera em um caça supersônico a 2 mil km/h. Agora, o aventureiro se prepara para voar ainda mais alto e tornar-se o segundo brasileiro a viajar ao espaço.

A nova aventura de Palhares ocorrerá por meio do turismo espacial viabilizado pela empresa Virgin Galactics, do bilionário Richard Branson. O brasileiro se encontra em 462° lugar da fila para a viagem que custará 250 mil dólares (mais de R$ 1,2 milhão), mas que deve render-lhe grandes histórias para contar.

– Isso é algo que espero [por] toda a minha vida – declarou ele, em entrevista o portal R7.

A decolagem de Palhares ainda não tem data certa, mas a expectativa é de que ela ocorra até o ano de 2023. De acordo com ele, seus planos eram ir ao espaço com apoio do governo brasileiro, mas não houve projetos nacionais do tipo desde a missão do astronauta e ministro da Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, em 2006.

– Não houve nenhum chamamento público desde então. Tenho realizado treinamentos para esperar pela oportunidade de viajar pela minha nação. Enquanto isso não acontece, tenho trabalhado paralelamente – detalha.

Palhares se tornou sócio de Pontes ao abrir uma empresa de cursos e treinamento focados na área espacial. Seu livro O Céu Não é o Limite conta com prefácio escrito pelo atual ministro e único astronauta brasileiro.

O INÍCIO DA ERA DO TURISMO ESPACIAL
As viagens espaciais pela Virgin Galactics foram estreadas por Richard Branson no último fim de semana. O bilionário se tornou o primeiro empresário a ir ao espaço por meio de um voo suborbital. A sua aventura fora da atmosfera terrestre durou alguns minutos, e a nave retornou à Terra em segurança.

marcos-palhares ao lado de richard branson
Marcos Palhares ao lado de Richard Branson Foto: Arquivo Pessoal

Homem mais rico do mundo, Jeff Bezos será o próximo a realizar tal feito. Ainda este mês, o fundador da Amazon decolará em um foguete de sua própria empresa espacial, a Blue Origin, para uma jornada mais curta e distante que a de Branson.

Empresas como a Virgin Galactics e Blue Origin prometem realizar um sonho distante da humanidade ao permitirem que civis viagem ao espaço a turismo.

Palhares conta que viagens do tipo não vão requerer de seus tripulantes treinamentos longos. De acordo com o escritor, são necessários treinos simples três dias antes do lançamento, focados em gravidade e preparo mental.

Apesar de o valor da aventura ser inacessível para muitos, Palhares explica que o setor pode se popularizar quanto mais pessoas se interessarem.

– A viagem do Richard Branson foi uma sinalização de que as pessoas não precisam gastar milhões de dólares para viajar ao espaço. Antes, isso era restrito a uns poucos bilionários e governos. Com esse voo, o valor sai das dezenas de milhões para centenas de milhares de dólares – conta o brasileiro.

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.