Biblioteca Nacional promove exposição sobre Lutero

Mostra tem artigos históricos como bulas papais e a Bíblia de Mongúcia

Jade Nunes - 20/12/2017 14h21

A Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro, inaugura nesta quarta-feira (20) a exposição Lutero – 500 Anos da Reforma. A mostra conta com peças históricas, como manuscritos, bulas papais, as 95 teses, e algumas Bíblias antigas. A que mais se destaca é a edição de Mongúcia, que ficará exposta apenas no primeiro dia. Nos posteriores, haverá uma reprodução exata da mesma.

– A partir de um minucioso garimpo do vasto e raro acervo da Biblioteca Nacional, o público terá a oportunidade de entrar em um túnel composto por uma sequência de bandeiras e arcos ogivais que o levará a 500 anos atrás, no contexto da Alemanha à época da invenção da prensa por Gutenberg. Esse será o ponto de partida para o desenvolvimento da história da vida de Martinho Lutero, desde o seu nascimento até a sua morte aos 65 anos, através de seu percurso tanto acadêmico como religioso – conta Suzane Queiroz, funcionária da Biblioteca.

A exposição também relembra momentos importantes como as colonizações e as guerras europeias. Além disso, o público pode conferir um glossário que os auxiliará no passeio. Lutero – 500 Anos da Reforma vai até o dia 28 de fevereiro. A visitação é de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h; ou aos sábados, das 10h às 15h.

LEIA TAMBÉM+ Deus Não Está Morto 3 ganha trailer e data de estreia
+ São Paulo recebe turnê de concerto do Harry Potter
+ Estreia de novo filme de Star Wars fatura US$ 450 milhões