Leia também:
X Cazarré diz que “leva paulada” do meio artístico por ser católico

Acusada de fraude, Deolane não se defende e pode perder caso

Influenciadora foi acionada judicialmente após fazer publicidade de uma marca de cápsulas para emagrecimento

Gabriel Mansur - 25/07/2022 19h40 | atualizado em 25/07/2022 20h18

Deolane Bezerra Foto: Leo Franco/AgNews

Processada por uma seguidora sob a acusação de propaganda enganosa com a divulgação de cápsulas para emagrecimento, Deolane Bezerra faltou a primeira audiência virtual, realizada no dia 13 de julho. A influenciadora digital optou por enviar sua representante legal, embora tenha sido intimada para comparecimento. A empresa Detona Gordura, responsável pelo produto que foi alvo das críticas da seguidora, também não esteve na audiência.

Por causa da ausência dos réus na audiência, a autora da ação, Thaina Silva Carvalho, solicitou que fosse decretada a revelia da parte ré, e o julgamento imediato dos autos para que seja emitido um parecer conclusivo do juiz. Como a audiência acabou sendo prejudicada devido a ausência das partes, houve dispensa do pagamento dos honorários do conciliador.

Thaina pediu que a ação seja julgada procedente, com a obrigação de ser indenizada por Deolane e a Detona Gordura por danos morais causados, no valor de R$ 48,4 mil. Ela também pede que sejam enviadas as 120 cápsulas do produto que foram prometidas inicialmente na publicidade realizada por Deolane, mas que os comprimidos venham acompanhados da bula que informe toda sua procedência.

ENTENDA O CASO
Deolane virou alvo de uma ação judicial movida por uma de suas seguidoras, que a acusa de propaganda enganosa. Thaina Silva Carvalho alega ter adquirido, por intermédio da divulgação feita por meio da influenciadora, uma amostra grátis do produto Detona Gordura, que tem como proposta o emagrecimento saudável, mas descobriu que caiu em uma fraude.

A publicidade dizia que, pagando apenas o frete, no valor de R$ 29,90, o consumidor receberia em casa 120 cápsulas do produto como amostra grátis. Após solicitar o envio do produto, Thaina diz ter recebido em sua casa apenas uma cartela com dez comprimidos, desacompanhada de qualquer informação referente à composição, responsável técnico, identificação do fabricante, dosagem, reações adversas e bula.

Leia também1 Por inclusão, Disney troca termo 'Fada madrinha' por 'aprendizes'
2 Elon Musk desmente traição: "Não faço sexo há séculos"
3 Manu Gavassi apoia Lula em show e vira alvo de processo
4 MC Cabelinho desmaia em show após se jogar na plateia
5 Cazarré diz que "leva paulada" do meio artístico por ser católico

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.