Leia também:
X Parque Lage arrecada mais de R$ 700 mil para Queermuseu

BBB18: Participante é acusada de xenofobia e gera revolta

A mineira Paula reclamou de Kaysar estar no programa por ser da Síria

Camille Dornelles - 27/03/2018 12h44 | atualizado em 27/03/2018 12h56

Paula reclamou da permanência do sírio no programa Foto: Reprodução

A mineira Paula, participante do Big Brother Brasil 18, foi acusada de xenofóbica após desferir críticas à participação do sírio Kaysar Dadour. Nesta segunda-feira (26), ela afirmou, em conversa com outro brother, que ele deveria ir para a Síria participar do reality.

– O que não é legal é que ele não é brasileiro. E é o Big Brother Brasil, entendeu? Não é legal, tem que participar do Big Brother lá da Síria, ele é de lá – declarou.

O público então criticou as alegações de Paula, que tinha uma relação de amizade com o sírio no início do programa. Uma telespectadora afirmou que “lá eles não lutam pelo dinheiro, lá eles lutam pra sobreviver”.

– Odeio torcida que esconde que tenta justificar o erro de seus favoritos. Eu gosto da Paula, mas o que ela disse foi xenofobia sim – afirmou outro espectador. A produção do programa não se manifestou sobre as acusações.

Pouco após o programa mostrar o que Paula disse, o termo BBB da Síria subiu aos Trending Topics do Twitter. Veja alguns dos comentários do público.

Leia também1 BBB irá expulsar quem fizer brincadeiras de contato físico
2 'Quero tirar minha família da Síria', diz Kaysar do BBB
3 Kaysar, do BBB, quase foi morto por ser cristão

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.