Leia também:
X Censura?! Danilo Gentili tem perfil suspenso pelo Facebook

Agenciador de Whindersson Nunes dá dicas para youtubers

Alex Monteiro fala de seu trabalho na área de entretenimento com gerenciamento de youtubers e influenciadores digitais

Virgínia Martin - 26/04/2019 14h01 | atualizado em 03/09/2020 12h28

Em uma era digital com multiplicação de ferramentas, plataformas e pessoas que assumem perfil de influenciadores e youtubers, o mercado publicitário passa por uma reconfiguração de logística de trabalho. Criadores de marcas possuem papel significativo nesta empreitada de algoritmos e engajamentos. Alex Monteiro é um destes profissionais fundamentais para o sucesso de personagens que buscam visibilidade na grande rede.

Formado em Direito e Geografia, Alex gosta mesmo é de plataformas digitais. Está neste mercado há 18 anos e ainda foi um do fundadores da empresa Non Stop Produções, da qual também é sócio. Desde a adolescência, atuava e produzia seus próprios espetáculos. Em 1998, tornou-se ator profissional e, acumulando experiências, decidiu unir seu aprendizado acadêmico ao mercado de entretenimento. Hoje Alex agencia a carreira de vários artistas, entre eles os conhecidos youtubers Whindersson Nunes e Rafael Cunha, além de ser palestrante nesta área. É ele que fala sobre a dinâmica dos processos deste universo de youtubers.

Atualmente, como tem sido o trabalho de agências no mercado de comunicação?

A internet trouxe uma grande mudança, principalmente no que tange à democratização de acesso aos talentos. Hoje, um menino como Whindersson, do interior do Piauí, atinge o sucesso sem precisar dos veículos de antigamente, como uma emissora de TV. Isso também não significa que não precise estar lá também. É aí que entra o nosso trabalho como agência. Somos responsáveis por fazer com que o boom da internet seja duradouro. E definimos a construção de uma carreira, em que o talento atue em multiplataformas.

Somos responsáveis por fazer com que o boom da internet seja duradouro

Como consegue “farejar” bons youtubers e quais os critérios de escolha e de trabalho de marca?

Isso é bastante intuitivo. Mas analisamos os influenciadores desde o seu início e a evolução de seu conteúdo e de sua base de fãs. Um exemplo é o Rafael Cunha. Iniciamos uma análise quando ele tinha 100 mil seguidores e hoje estamos construindo uma grande marca. Sem dúvida, no critério, avaliamos criatividade, carisma e engajamento. Cada um precisa saber falar com sua comunidade.

Quais as principais ações para que um influenciador vire um business?

É preciso atuar em multiplataformas, ter uma missão e atuar dentro dela, buscando cada dia mais uma aproximação com seu público. Multiplataforma é estar atuando nas diversas plataformas, como YouTube, Instagram, Netflix, TV, Cinema e Rádio. O post no Instagram ou Facebook leva o fã para assistir no YouTube, por exemplo. E assim, precisamos desenvolver conteúdo específico para cada rede, porque a maneira de se comunicar no Insta é diferente de se comunicar no YouTube.

O que um bom youtuber não deve fazer?

Não deve entrar em polêmicas. Se quer ter uma imagem limpa e uma marca forte, precisa ter cuidado com o que fala em todas as redes.

Que dicas você dá para quem quer se tornar um youtuber relevante no mercado?

Seja autêntico, seja persistente. Trate suas redes com carinho. Tenha responsabilidade com seu público e o engaje.

Se quer ter uma imagem limpa e uma marca forte, precisa ter cuidado com o que fala em todas as redes

Como aconteceu a evolução sensacional do canal do youtube do Whindersson Nunes, que hoje tem 35,5 milhões de seguidores?

A evolução se deu de forma orgânica, tendo alguns marcos como a paródia “Qual a senha do Wi-Fi”. E agora o filme “Placa de Rubi”. É importante ressaltar que a atuação nos shows, participação em programas também foram fundamentais para o crescimento do canal do Whindersson. Além disso, ele atua em multiplataforma. Ou seja, tornou-se forte no YouTube, no Instagram, na TV e no cinema.

Leia também1 Youtuber de 9 anos viraliza explicando conceitos de Física
2 Blogueira a Whindersson: Essa dor passa com o agir de Deus
3 Youtubers gravam campanha para universidade

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.