Leia também:
X Passageiro luta com assaltante após notar que arma era falsa

USP decide expulsar seis alunos acusados de fraudar cotas

Estudantes não tiveram seus nomes divulgados, e poderão solicitar a reconsideração da decisão

Ana Luiza Menezes - 23/07/2021 20h05 | atualizado em 23/07/2021 20h06

Fachada de um dos prédios da Faculdade de Medicina da USP Foto: Divulgação/FMUSP

O Conselho de Graduação da Universidade de São Paulo (USP) decidiu expulsar de seis estudantes por fraudes de cotas destinadas a pessoas pretas, pardas e indígenas durante o processo de ingresso na instituição. A decisão foi tomada durante uma reunião realizada nesta quinta-feira (22).

Segundo o Comitê Antifraude às Cotas Raciais da universidade, os alunos acusados de fraude estudam na Faculdade de Medicina e na Escola de Enfermagem da capital paulista e na Faculdade de Odontologia de Bauru. As informações são do portal G1.

Os nomes dos estudantes não foram divulgados.

A USP disse que não pode fornecer mais detalhes sobre o caso, porque os alunos terão um prazo para pedir reconsideração da decisão.

Leia também1 Ribeiro convoca alunos para retorno às aulas presenciais
2 Maioria dos estados do Brasil deve reabrir escolas em agosto
3 RJ: MPF vai à Justiça por retorno de aulas presenciais em universidades federais
4 'Não admito questões de gênero em livros didáticos', diz Ribeiro
5 Pesquisa: 99,3% das escolas suspenderam aulas presenciais

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.