PL quer José de Anchieta como patrono da educação

Jesuíta ocuparia lugar que hoje pertence ao pedagogo Paulo Freire

Pleno.News - 25/05/2019 11h55

José de Anchiete foi pioneiro na educação dos índios Foto: Reprodução

O deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ) apresentou um projeto de lei que, se aprovado, colocará José de Anchieta como patrono da educação no Brasil. O cargo é atualmente ocupado pelo pedagogo Paulo Freire.

– A alteração do símbolo da educação como meio de iniciar as mudanças necessárias é fundamental para o combate cultural de idolatria a pessoas, que, de fato, em nada contribuíram positivamente para a educação e, também, como meio de homenagear quem realmente merece – justificou Jordy.

Em defesa do PL 3033/2019, o parlamentar destacou o rico trabalho literário e cultural do padre jesuíta. Anchieta chegou ao Brasil em 1553 e foi pioneiro no estudo das línguas indígenas e autor da primeira gramática em tupi.

LEIA TAMBÉM+ Bolsonaro quer retirar Paulo Freire como patrono brasileiro
+ Toffoli: "Fake news colocam a democracia em risco"
+ "Se não quer a reforma, pego o avião e vou morar lá fora"


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo