Leia também:
X Governo investe R$ 2,4 milhões em até 50 bolsas de estudos

Justiça suspende realização das provas do Enem no Amazonas

Juiz federal considerou que a situação da pandemia no estado impede que o exame seja realizado nesse momento

Paulo Moura - 14/01/2021 07h28 | atualizado em 14/01/2021 09h44

Justiça suspendeu realização do Enem no Amazonas Foto: Reprodução/Twitter

A Justiça Federal decidiu suspender a realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, marcadas para este domingo (17) no estado do Amazonas. A decisão foi tomada pelo juiz federal José Ricardo, na noite de quarta-feira (13) e considera a situação vivenciada lá por conta da pandemia de Covid-19.

A determinação judicial aponta que a realização do exame deve ficar suspensa enquanto durar o estado de calamidade pública decretado pelo governo amazonense, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia de descumprimento, até o limite de 30 dias.

De acordo com a decisão, caso uma cidade tenha elevado risco de contágio que justifique medidas severas de restrição de circulação, caberá às autoridades locais impedirem a realização da prova. Se isso acontecer, o Inep, responsável pela prova, terá que reaplicar o exame. Ainda não há outra data definida.

A realização do Enem 2020 colocará 5,78 milhões de candidatos em circulação. O exame terá 14 mil locais de prova e 205 mil salas em todo o país. O balanço com número de cidades que terão Enem só será divulgado após a aplicação das provas, segundo o Inep.

Leia também1 Enem 2020: Confira os 5 temas mais cobrados nas disciplinas
2 Justiça Federal nega pedido de adiamento do Enem 2020
3 Ministro da Educação diz que Enem 2020 não será adiado
4 Diretor da área de elaboração do Enem morre por conta de Covid
5 Veja o calendário da educação 2021 divulgado pelo MEC

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.