Enem será aceito em mais 5 universidades portuguesas

Número de instituições lusitanas que usam prova como acesso de brasileiros sobe para 47

Pleno.News - 19/11/2019 14h16

Enem será aceito em mais cinco instituições de Portugal Foto: Reprodução/Twitter

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou nesta terça-feira (19) que mais cinco universidades portuguesas aderiram ao convênio para usar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como método de acesso para estudantes brasileiros. Com isso, o número de instituições parceiras da prova subiu para 47.

Segundo o Inep, as parcerias foram assinadas pelo presidente do instituto, Alexandre Lopes, e pelos representantes das cinco novas instituições parceiras, em Lisboa. Os novos conveniados com o Enem são: Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes (Ismat), Instituto Superior Dom Dinis (Isdom), Instituto Superior de Gestão (ISG), Instituto Superior de Gestão e Administração de Santarém (Isla Santarém) e o Instituto Superior de Gestão e Administração de Gaia (Isla Gaia).

O programa de convênio com as faculdades de Portugal começou em maio de 2014 com a Universidade de Coimbra, que foi a primeira a assinar a parceria. A medida foi facilitada quando um decreto no ano seguinte permitiu que as instituições definissem qual seria o modo de ingresso de alunos internacionais.

Pelas regras da atual parceria entre Brasil e Portugal, a instituição portuguesa define qual será a nota de corte do Enem para cada um de seus cursos e o Inep é o responsável por conferir os resultados. Até 2018, o Inep estima que pelo menos 1.200 brasileiros ingressaram no ensino superior em Portugal através do convênio.

LEIA TAMBÉM+ Estadão pede demissão de Weintraub e web reage contra
+ Inep divulga o gabarito oficial do Enem 2019. Confira!
+ Weintraub chama vazamentos do Enem de ato de terrorismo


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo