Leia também:
X Criança Esperança pode ser adiado por causa de pandemia

Covid-19: Inep diz que a data do Enem não é “imutável”

Em comunicado, órgão afirmou que já discutiu a possibilidade de se adiar o exame

Henrique Gimenes - 18/05/2020 14h33

Inep pode adiar data do Enem deste ano Foto: Agência Brasil/Marcello Casal Jr

Nesta segunda-feira (18), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas e Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), informou que pode rever a data da prova. De acordo com o órgão, vinculado ao Ministério da Educação, a questão já foi discutida em reunião do Comitê Operativo de Emergência

A possibilidade de se alterar a data do Enem foi informada pelo Inep por meio de um comunicado.

Segundo o texto, “foram destaques das discussões, no âmbito desse Comitê [Operativo de Emergência], as tratativas empreendidas a respeito do cronograma do Enem 2020, ocasião em que já se demonstrou abertura para nova alteração da data de aplicação das provas, tão logo o cenário fique mais definido, o que se reafirma na presente Nota”.

O adiamento do calendário do exame é uma possibilidade por causa da pandemia de coronavírus. Diversas ações já foram ajuizadas na Justiça pedindo que a prova seja adiada por causa da suspensão das aulas no Brasil.

“A fixação de uma data não a torna imutável, ainda mais no atual momento. Ocorre que os diversos fatores que influenciarão na potencial alteração do calendário originalmente estabelecido ainda continuam incertos, em imprevisibilidade que obsta qualquer modificação neste momento, já que, como é de conhecimento geral, ainda estamos enfrentando a situação de emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da COVID-19”, explicou o Inep.

De acordo com o calendário determinado, as provas presenciais do exame serão aplicadas nos dias 1 e 8 de novembro. Já o exame virtual está marcado para 22 e 29 de novembro.

Leia também1 STJ nega pedido de entidades estudantis para adiar o Enem
2 Governo zera impostos sobre remédios em teste para Covid
3 Oncologista Nise Yamaguchi diz que aceitaria ser ministra

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.