Leia também:
X Aluna de escola militar passa em universidade dos EUA

Bolsonaro defende que escola não forme apenas ‘militantes’

Presidente lembrou situação em que a educação estava ao assumir o governo e indicou que quer ver novo rumo

Paulo Moura - 14/08/2020 11h51 | atualizado em 14/08/2020 11h54

Bolsonaro durante discurso no Rio de Janeiro Foto: PR/Marcos Corrêa

Durante pronunciamento feito na inauguração da escola cívico-militar do bairro do Rocha, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira (14), o presidente Jair Bolsonaro falou sobre a atitude que pretende ver na educação brasileira em sua gestão e defendeu que as escolas formem bons profissionais, patrões ou empregados, e não “apenas militantes políticos”.

– O que nós queremos é que esse jovem, com seus 20, 21, 22, 25 anos, ele seja formado um bom profissional. Vai ser um bom empregado, um bom patrão, um bom liberal, e não apenas, como acontece em parte do Brasil ainda, apenas um militante político – destacou.

Bolsonaro também falou sobre a forma como encontrou a educação ao entrar no governo e lembrou a última avaliação do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) que, segundo ele, trouxe um retrato da situação ruim em que a área se encontrava.

– O Brasil estava na contramão da Educação, e isso se comprovava com o Pisa, que acontece de 3 em 3 anos. Hoje nós somos sempre o antepenúltimo, penúltimo ou último lugar entre esses 70 países. Isso não se muda de uma hora pra outra. Onde tem que começar a mudar? Nas escolas, onde temos ótimos professores, mas temos que dar meios para cumprir o seu trabalho. É quase como um quartel, se não tiver hierarquia e disciplina ele não cumpre com sua missão – completou.

Leia também1 Eduardo: "Felipe Neto não preocupa politicamente"
2 CNN "admite" popularidade de Bolsonaro na Região Nordeste
3 Bolsonaro recebe homenagem e inaugura escola militar no RJ
4 Recorde em 2 anos! Aprovação de Bolsonaro sobe e vai a 37%
5 Anvisa facilitará a aquisição de cloroquina, diz Bolsonaro

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.