Novo secretário e pastor pode ser como Martin Luther King?

Virgínia Martin - 15/01/2019 15h36

 

Mais uma pasta é preenchida no Ministério de Damares Alves. O novo secretário é Sergio Queiroz (noticiado por Pleno.News). Munido de um bom currículo, Sergio é também pastor. Ele passa a chefiar a Secretaria de Proteção Global, que vai cuidar, inclusive, de pautas referentes aos refugiados a às causas LGBT.

Em uma época em que palavras e imagens podem provocar revoluções na opinião pública, o novo secretario trouxe uma nova agenda de discussões no dia de hoje. “Por que eu não posso ser um Martin Luther King?”, afirmou ele. Pronto! Tá dito! E as repercussões tomam espaço nas redes sociais.

Entre muitos, suscitou uma onda de críticas. Há falas de pessoas de cor negra que ironizaram a pretensão de Queiroz de querer ser como o grande líder norte-americano. Para isso, precisaria deixar seus privilégios de branco em um país em que o racismo é estrutural. Outros até afirmaram que para ser como Martin Luther King, o recém-empossado deveria estar disposto a morrer pelos pobres e oprimidos, por exemplo.

A gente sabe que nem todo ícone libertador precisa ser negro para lutar por causas humanas. O próprio William Wilbeforce foi um político britânico e líder abolicionista branco. Depois de liderar uma campanha contra o tráfico negreiro no parlamento inglês, ele ajudou na aprovação do Ato contra o Comércio de Escravos. E isso foi bem antes (1807) de Martin Luther King dizer: “eu tenho um sonho”.

Ou seja, palavras ditas aos 4 cantos da Internet devem ser cautelosas e podem soar felizes ou infelizes. Mas Pleno.News deseja ver possibilidades de homens negros e brancos se inspirarem em alguém tão forte como MLK e outros de alto quilate de referência. O Brasil precisa de gente tão somente humana para dar conta de tantas demandas injustas, mesmo que as cargas históricas sejam ainda severamente pesadas (aliás, MLK nasceu em 15 de janeiro de 1929).

É torcer para ver quem consegue ser o que planejou.

Virgínia Martin é editora-chefe do Pleno.News. Formada em Jornalismo, com pós-graduação em Propaganda e Marketing, em Comunicação Empresarial e em Pedagogia, tem mestrado em Multimeios.

LEIA TAMBÉM+ Mais de 30 milhões de curtidas para o ovo
+ A sensacional estratégia da garota da água
+ Pesquisa de satisfação: avalie-se!


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo