Morte absurda: Quem esquece filho dentro do carro

Virgínia Martin - 04/04/2019 17h35

O mundo gira e os pais continuam esquecendo seus filhos. Não se trata de um esquecimento que envolva assuntos de escola, de saúde, por exemplo. Pais esquecem filhos dentro do carro. O tempo passa, a rotina prossegue, a memória falha e… a criança é encontrada sem vida após horas trancada em um ambiente sem ar. A cena é traumática: um ser indefeso sofrendo até a morte em lento sufocamento, agravado pelo sentimento de pânico por ter sido abandonado. O que a família faz depois de uma tragédia como essa?

Exemplos não faltam de casos que vão parar na Polícia e, infelizmente, no cemitério. Nesta última segunda-feira (1º), em Boa Vista (RO), um pai esqueceu a filha dentro do carro ao sair para trabalhar. A criança ficou mais de quatro horas trancada dentro do veículo e foi encontrada morta. Na maioria das ocorrências, esses pais esquecidos acabam recebendo perdão da Justiça porque não tiveram a intenção de matar. Mas a dor que passam a carregar é incontrolável, creio eu.

Até mesmo o aplicativo Waze se preocupou com estes riscos. Foi em 2016 que lançou uma ferramenta para ajudar os pais a não esquecerem seus filhos dentro do carro. Com o nome de “Lembrete de Criança”, o serviço personaliza um recado que sinaliza que há uma criança no banco traseiro. Quando o motorista chega ao seu destino, o app envia um lembrete na tela.

Pleno.News lamenta por estes episódios e faz uma reflexão: a família se sobrecarrega com uma rotina estressante, na qual tem colocado funções e bens acima do ser humano e, em um momento de descuido, de acúmulo de tarefas ou de troca de prioridade, esquece dos próprios filhos. E nem é preciso que uma avaliação de um profissional de saúde mental venha conferir como estamos doentes emocionalmente, pressionados por tantas demandas. É escancaradamente notória a inversão dos focos de atenção da família para outros interesses. O que mais iremos esquecer?

Família vem em primeiro lugar, mas fica aqui um dever de casa para que perdas irreparáveis não mais aconteçam.

  • Busque colocar algum objeto da criança ao alcance de sua visão: amarre a fralda no volante, coloque a mochila no banco da frente ou um brinquedo de seu filho.
  • Coloque algo que você vai precisar, como bolsa, carteira ou pasta de trabalho, no banco de trás do carro.
  • Evite que seu carro tenha películas muito escuras nos vidros. A transparência vai facilitar que alguém veja a criança esquecida.
  • Procure estar em alerta para observar se há algum bebê esquecido em veículos próximos. Você pode salvar uma vida.
  • Ao levar as crianças para creche ou escola, combine com o parceiro/a para que telefone, a fim de garantir que tudo saiu como planejado.

Causa da morte

Um estudo realizado pelo Departamento de Geociências da Universidade Estadual de San Francisco, nos Estados Unidos, publicou que crianças morrem todos os anos de hipertermia, devido a serem esquecidas dentro de carros. O artigo explica que a temperatura externa ao veículo tem pouca relação com a rapidez da elevação da temperatura interna. Por exemplo, em um ambiente com 14 ºC, o interior do carro pode variar entre 22 ºC e 36 ºC, já na primeira hora. Eles ainda apontam que aproximadamente 80% das mudanças na temperatura no interior do veículo ocorrem nos primeiros 30 minutos, mesmo que em um dia fresco.

Neste ambiente fechado, bebês começam a sentir calor e desconforto físico. Com o passar das horas, sofrem de exaustão e de desidratação e, ao chegarem em uma temperatura corporal de 40 ºC, passam por uma disfunção do sistema nervoso central e, consequentemente, ao coma e à morte.

Virgínia Martin é editora-chefe do Pleno.News. Formada em Jornalismo, com pós-graduação em Propaganda e Marketing, em Comunicação Empresarial e em Pedagogia, tem mestrado em Multimeios.

LEIA TAMBÉM+ Amigo faz relato emocionante sobre pai que perdeu a filha
+ "MP do ensino domiciliar chega na semana que vem"
+ Damares rebate Dilma: "Não sou eu a hipócrita"


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo