Leia também:
X STF não vê “clima” e acha difícil salvar Wilson Witzel

Vira-lata caramelo é estrela na campanha da nota de R$ 200

Banco Central decidiu usar o cão para divulgar a nova cédula da família do Real

Henrique Gimenes - 04/09/2020 14h43 | atualizado em 04/09/2020 17h53

Campanha da nota de R$ 200 tem vira-lata caramelo como estrela Foto: Reprodução

Após o Banco Central (BC) informar que o lobo-guará seria o animal que iria estampar a cédula de R$ 200, usuários de redes sociais lançaram uma campanha para que a instituição fizesse a troca para o “vira-lata caramelo”. Apesar de o BC não ter atendido ao pedido, o banco decidiu lançar uma campanha de divulgação da cédula com o cachorro sendo a estrela.

O vídeo traz o “vira lata caramelo” conversando com o público sobre a nova nota. O cão fala sobre a campanha que pedia que ele estampasse a cédula e pede que as pessoas “recebam com o mesmo carinho” o lobo-guará.

– Gente, para ser sincero, todo mundo já me conhece, né? Por isso, que quero que vocês recebam com o mesmo carinho esse meu primo selvagem, o caramelo do cerrado, o lobo-guará – diz.

A nota de R$ 200 é a sétima cédula do grupo de notas do Real e a primeira, em 18 anos, com um novo valor. A última vez que isto aconteceu foi em 2002, com a cédula de R$ 20.

O objetivo da criação da nova cédula é a redução de transações feitas com dinheiro em espécie, o que economiza impressão com papel moeda. Além disso, há também a necessidade de equilibrar a circulação de dinheiro com o pagamento do auxílio emergencial, que custou mais de R$ 160 bilhões, se consideradas as cinco parcelas.

Leia também1 Colecionadores formam fila para conseguir nota de R$ 200
2 Revelação da nova cédula de R$ 200 gera memes. Confira!
3 R$200: Conheça os elementos de segurança da nova cédula
4 Saiu a nova nota de R$ 200! Veja detalhes da cédula
5 Partidos acionam STF para tentar barrar nota de R$ 200

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.