Leia também:
X ANP: Gasolina tem nova queda pela 2ª semana seguida

Secretário do Tesouro pede exoneração e agradece a Guedes

Esteves Colnago estava no cargo desde o ano passado

Pleno.News - 03/12/2022 14h53 | atualizado em 05/12/2022 19h33

Esteves Colnago, novo secretário especial do Tesouro e Orçamento
Esteves Colnago foi secretário especial do Tesouro e Orçamento Foto: Agência Senado/Pedro França

O secretário especial do Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, Esteves Colnago, pediu exoneração do cargo, informou nesta sexta-feira (2), o Ministério da Economia. O desligamento vale a partir de 1º de dezembro e Colnago irá cumprir quarentena de seis meses. Segundo a pasta, o atual secretário especial adjunto do Tesouro, Júlio Alexandre, irá atuar como substituto até o final do ano, quando termina o mandato do atual governo, e não terá adjunto ao cargo.

Na terça (29), Júlio Alexandre já participou de audiência pública na Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso, representando Colnago. Na ocasião, ele defendeu que o governo eleito sinalize medidas de compensação para o furo do teto de gastos que deve ser aprovado na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da transição.

Analista de carreira do Banco Central, mestre em Economia, Colnago já foi ministro do Planejamento. Em nota, o Ministério da Economia disse que ele agradeceu ao ministro Paulo Guedes “pela oportunidade de ter feito parte da equipe do ME desde o início deste governo”.

Ele estava no cargo de secretário especial desde outubro de 2021. Antes, foi chefe da Assessoria Especial de Relações Institucionais do Ministério.

Júlio Alexandre também é mestre em Economia e analista de carreira do BC. Já foi secretário de Planejamento e Assuntos Econômicos, secretário adjunto de Políticas Macroeconômicas da Secretaria de Política Econômica (SPE) e secretário adjunto da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest).

No atual governo, atuou como secretário adjunto da Secretaria Especial de Assuntos Federativos da Presidência da República antes de integrar a equipe da Secretaria Especial do Tesouro e Orçamento também em outubro do ano passado.

*AE

Leia também1 Dono da CNN elogia economia do governo Bolsonaro
2 Lula pleiteia poder de decisão na Fazenda: "Quem ganhou foi eu"
3 Lula diz que salário mínimo terá aumento real todos os anos
4 Lula diz que governo terá “muito trabalho pela frente”
5 STF anula condenação de Sergio Moro a ex-deputado do PT

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.