Leia também:
X ‘Vamos varrer essa turma’, diz Bolsonaro em visita ao Piauí

Reforma da Previdência começa a tramitar no Senado

Previsão é que votações terminem no início de outubro

Camille Dornelles - 14/08/2019 14h35

Presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), recebe a proposta da reforma da Previdência de Rodrigo Maia Foto: Agência Senado/Roque de Sá

A proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência começou a tramitar de fato no Senado nesta quarta-feira (14). A Comissão de Constituição e Justiça aprovou requerimentos de audiências públicas com especialistas e outras pessoas ligadas ao tema.

Os encontros acontecerão entre segunda (19) e quinta-feira (22). Os requerimentos foram apresentados pelo relator da reforma no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), e por senadores de partidos como PT, PSB, Rede e PSL.

Como há repetição de convidados, o calendário ainda será organizado. O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), solicitou que os expositores de todos os requerimentos que são favoráveis à reforma sejam ouvidos na segunda e na quinta-feira, enquanto os contrários seriam ouvidos na terça e na quarta-feira.

PRÓXIMOS PASSOS
Nesta terça-feira (13), os líderes partidários aprovaram um calendário de tramitação da reforma da Previdência. Pelo cronograma aprovado, a leitura do parecer do senador Tasso Jereissati na CCJ está prevista para 28 de agosto e a votação na comissão, se dará em 4 de setembro.

No dia 10 de setembro acontece uma comissão geral com especialistas para discutir a reforma ao longo de todo o dia. O ministro Paulo Guedes (Economia) é esperado nesta reunião. No plenário, a votação em primeiro turno está prevista para 18 de setembro, em segundo turno, em 2 de outubro.

*Folhapress

Leia também1 Agradecimento: Maia recebe carta enviada por Lula
2 Bivar justifica saída de Frota: "Estava ofendendo o partido"
3 Rodrigo Maia quer Estados dentro da reforma tributária

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.