Leia também:
X Atriz da Globo é detonada ao sugerir ‘eliminar’ Bolsonaro

‘Queremos a responsabilidade fiscal’, afirma Bolsonaro

Em pronunciamento, presidente defendeu o teto de gastos e disse que irá buscar soluções para "destravar a economia"

Henrique Gimenes - 12/08/2020 19h47 | atualizado em 12/08/2020 20h47

Presidente Jair Bolsonaro durante pronunciamento Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro participou de uma reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e outras lideranças para tratar de assuntos econômicos. Após o encontro, Bolsonaro fez um pronunciamento para defender o teto de gastos e a responsabilidade fiscal.

– Nós respeitamos o teto dos gastos. Queremos a responsabilidade fiscal. E o Brasil tem como realmente ser um daqueles países que melhor reagirá à questão da crise – disse Bolsonaro.

Além de Maia e Alcolumbre, estavam presentes no pronunciamento o ministro da Economia, Paulo Guedes, e outros titulares de pastas ligadas à área econômica. Bolsonaro afirmou que pretende focar agora na privatização de empresas públicas.

– O Brasil está indo bem. A economia está reagindo e nós aqui resolvemos direcionar mais nossas forças ao bem comum, que queremos o progresso e o desenvolvimento – explicou.

Bolsonaro ainda disse que toda a economia econômica do governo e mais o Congresso irão trabalhar juntos pela recuperação do país.

– Nos empenharemos, mesmo no ano eleitoral, juntos para buscar soluções, destravar a economia e colocar o Brasil no local onde ele sempre mereceu estar – ressaltou.

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.