Leia também:
X Lula sanciona PL que tipifica injúria racial como racismo

Quem ganha um salário e meio terá de pagar Imposto de Renda

Lula prometeu isentar quem ganha até cinco mil reais mensais; medida ainda é promessa

Marcos Melo - 11/01/2023 20h57 | atualizado em 12/01/2023 11h11

Receita Federal Foto: Reprodução

Quem recebe um salário mínimo e meio por mês terá de pagar o Imposto de Renda (IR) a partir deste ano. Segundo a tabela, que não sofre reajuste desde 2016, somente quem recebe menos de R$ 1.903,98 mensais está isento. Com o novo salário mínimo de R$ 1.302, quem recebe um salário e meio, ou seja, R$ 1.953, terá de pagar o IR. O desconto já ocorre na folha de pagamento. Atualmente, quem ganha de R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65 paga a alíquota mínima, 7,5% sobre a renda.

Uma das promessas de campanha de Lula (PT) foi elevar a isenção do IR para quem recebe até R$ 5 mil. A medida não tem previsão para ocorrer neste ano, mas segundo o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, a medida é “para o mandato” e não seria incluída na revisão de 2023.

O primeiro vice-presidente do Sindicato dos Auditores-Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional), Tiago Barbosa, afirma que deve ser observado o princípio da capacidade contributiva, prevista na constituição, para equilibrar a balança social.

– Nossa constituição defende o princípio da capacidade contributiva, que significa que quem ganha mais deve pagar mais imposto. A falta de correção da tabela é uma maneira de aumentar a tributação para os mais pobres. Para corrigir esse problema e não causar danos ao já deficitário orçamento, o ideal seria adotarmos medidas progressivas, como a volta da taxação de lucros e dividendos. Atualmente, temos empregados pagando mais imposto proporcionalmente que o dono da empresa, algo que aprofunda diretamente a desigualdade social – ressaltou Barbosa.

Leia também1 Sachsida diz que PT voltará a taxar combustíveis para bancar "gastança"
2 Governo Federal arrecadou R$ 2 trilhões até novembro
3 Haddad: "Queremos colocar pobre no Orçamento e rico no IR"
4 Equipe "jovem" de Haddad gera desconfiança no mercado
5 DIPEBS: Lula refaz diretoria para surdos após polêmica

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.