Previdência: Governo quer 65 anos para homens e mulheres

Governo também pretende aumentar o tempo mínimo de contribuição

Pleno.News - 04/02/2019 18h25

Reforma da Previdência deve trazer idades mínimas iguais para homens e mulheres Foto: Divulgação

No começo do ano legislativo, uma das propostas prioritárias do governo é a reforma da Previdência. O texto já está sendo preparado pela equipe econômica e, de acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) virá com idade mínima de 65 anos para homens e mulheres.

De acordo com a publicação, no entanto, o texto ainda está sendo discutido de forma preliminar e pode sofrer alterações antes de ser enviado ao Congresso. Outra mudança é o aumento no tempo de contribuição que passará dos 15 anos para 20 anos no mínimo. Para servidores públicos, o tempo mínimo será de 25 anos.

A proposta define que aqueles que se aposentarem com o tempo mínimo, no entanto, receberão apenas 60% do valor do benefício. Para cada ano de contribuição acima do mínimo, o valor aposentadoria sobe 2% até chegar ao 100% com 40 anos. Não será possível mais se aposentar por tempo de contribuição.

Outro ponto presente no texto trata dos militares. Entre as mudanças está o aumento do tempo para entrar na reserva, que passa dos atuais 30 para 35 anos.

LEIA TAMBÉM+ Jair Bolsonaro declara guerra ao crime organizado
+ Petrobras vende refinaria polêmica nos Estados Unidos


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo