Presidente da Caixa nega mudança na gestão do FGTS

Presidente da Caixa nega que governo quer mudar gestão do FGTS

Pleno.News - 07/10/2019 16h57

Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães Foto: Agência Brasil/Valter Campanato

O presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, negou, nesta segunda-feira (7), que o governo pretende fazer alterações na gestão do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Ele rebateu uma reportagem do jornal O Globo, que afirmou que a intenção do governo de liberar os recursos do fundo a outros bancos.

A declaração foi dada durante uma passagem pela Câmara dos Deputados.

– A informação dada tanto quanto pelo presidente da República Jair Bolsonaro como pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, é que não. Isso não nasceu de lá. Pelo contrário, Guedes tem claramente a proposta de que a MP [sobre saques do FGTS] seja como foi – apontou.

De acordo com o veículo, o governo atual e parlamentares entraram em um acordo para quebrar o monopólio da Caixa como única operadora do FGTS. A instituição ainda seria a responsável por armazenar os recursos do fundo, mas outros bancos também poderiam ter acesso às verbas.

Os recursos do FGTS são utilizados para o financiamento de projetos de habitação, infraestrutura e saneamento.

LEIA TAMBÉM+ Caixa promove semana para renegociação de dívidas
+ Saiba o que é o nióbio, mineral dominado pelos Moreira Salles


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo