Leia também:
X Verão: A estação ideal para faturar uma renda extra

Passagens aéreas devem ficar mais caras em 2018

Anac anunciou reajustes nas tarifas de embarques domésticos e internacionais

Jade Nunes - 18/01/2018 10h12 | atualizado em 18/01/2018 14h37

Medida é válida apenas para aeroportos administrados pela estatal Foto: Pixabay

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) anunciou nesta terça-feira (16) que reajustará o valor máximo cobrado pelo embarque e conexão de passageiros, assim como de pouso e permanência de aeronaves nos aeroportos brasileiros administrados pela Infraero.

Desta forma, a medida não se aplica aos terminais da iniciativa privada, como o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, e o de Guarulhos, em São Paulo, que terão reajuste ao longo de 2018.

Por causa da nova regra, a tarifa máxima de embarque doméstico passa de R$ 29,90 para R$ 31,27. Já para embarque internacional, o valor pula de R$ 115,64 para R$ 118,06. As novas taxas entram em vigor em 30 dias.

Leia também1 Latam e Azul lideram ranking de queixas na aviação civil
2 Meirelles: Reduzir juros do cheque especial é importante

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.