Leia também:
X Preço da gasolina permanece em queda nos postos, diz ANP

Guedes reitera que governo não quer aumentar impostos

Ministro da Economia participou de uma videoconferência com investidores

Pleno.News - 09/05/2020 19h16 | atualizado em 09/05/2020 19h20

Ministro da Economia, Paulo Guedes Foto: Agência Brasil/José Cruz

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a dizer neste sábado (9) que o governo não pretende aumentar impostos e que, na proposta de reforma tributária, poderá até prever a redução de encargos.

– Não consigo vislumbrar aumento de impostos. Podemos configurar a redução de impostos – afirmou Guedes durante uma videoconferência.

A fala foi dada durante uma live promovida pelo Itaú BBA, em debate sobre medidas superar a crise econômica causada pelo novo coronavírus.

A investidores, o ministro fez questão de ressaltar que o forte rombo das contas públicas em 2020, por causa da pandemia, deve ser algo excepcional.

– Nós vamos continuar sinalizando a contenção de despesas – frisou, em relação ao ajuste fiscal pretendido para os próximos anos.

Ministro da Economia, Paulo Guedes, não quer reajustes a servidores públicos foto: Agência Brasil/José Cruz

O ministro voltou a defender que servidores públicos não tenham aumento salarial até o fim de 2021. Essa medida foi proposta pela equipe econômica como contrapartida para liberar mais dinheiro no plano de socorro financeiro aos estados e municípios durante a pandemia.

Para Guedes, “seria um equívoco brutal” conceder reajuste a servidores públicos, que têm estabilidade no cargo, em meio a um período de crise econômica.

No entanto, durante a videoconferência, ele reconheceu que essa recuperação poderá ser muito mais difícil se a pandemia persistir no segundo semestre.

Apesar de o governo não ter divulgado ainda dados do comportamento do mercado de trabalho neste ano, Guedes disse que um milhão de pessoas perderam trabalho formal, o que ele considerou pouco em relação a 26 milhões de desempregados nos Estados Unidos na crise.

*Folhapress

Leia também1 Bolsonaro: 'Não haverá novos aumentos de impostos no país'
2 A pedido de Guedes, Bolsonaro vetará reajuste de servidores
3 Bolsonaro e Toffoli se reúnem e discutem volta da economia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.