Leia também:
X Covid: Espanha tem queda na incidência de casos de infecção

Guedes fala da importância da “vacinação em massa”

Ministro disse que a medida irá ajudar a economia a se sustentar

Henrique Gimenes - 05/03/2021 19h50 | atualizado em 05/03/2021 20h57

Para Guedes, retorno do auxílio é última alternativa
Ministro da Economia, Paulo Guedes Foto: Agência O Globo/Edu Chaves

Nesta sexta-feira (5), o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a “coisa mais importante” no momento é a vacinação em massa da população brasileira. Para ele, também é preciso ter preocupação com a questão econômica do país na pandemia.

As declarações foram dadas por Guedes ao deixar o Ministério da Economia. Para o ministro, é importante manter os “sinais vitais da economia”.

– É muito importante isso. Essa é a mensagem que, o tempo inteiro, o presidente tem tentado passar também. Que, talvez por infelicidade, não deixou claro o problema da saúde e da vacinação em massa. Mas a agonia dele com a economia é a seguinte: se você der o auxílio e chegar lá e a prateleira estiver vazia, todo mundo com o dinheiro na mão, há inflação, falta de alimentos. Temos que manter os sinais vitais da economia – apontou

O ministro destacou também a necessidade da vacina contra a Covid-19 e lembrou que o presidente Jair Bolsonaro sempre mostrou preocupação com a saúde e a economia.

– O próximo passo agora é a vacinação em massa. É a coisa mais importante que tem agora. O presidente sempre falou que economia e saúde andam juntas. É a vacinação em massa, se não a economia não se sustenta. Ela volta a cair ali na frente. Da mesma forma, a saúde não se sustenta. Imaginem que a gente deu o auxílio emergencial e as prateleiras vazias porque as pessoas perderam a saúde, ou porque a economia se desorganizou. Nós não podemos deixar a economia se desorganizar – ressaltou.

Leia também1 PSDB lança 'enquete' ironizando Bolsonaro e vira chacota
2 Chanceler diz que a 'vacinação está ganhando velocidade'
3 Butantan pede à Anvisa teste de soro contra Covid em humanos
4 Estudo revela alta proteção com a Sputnik V em infectados
5 Saiba todos os grupos que terão prioridade na vacinação

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.