Leia também:
X Queiroga: ‘Copa América é um evento pequeno, não Olimpíada’

Guedes diz que governo não fará populismo fiscal por reeleição

Ministro falou em "enlouquecer nas privatizações"

Pierre Borges - 08/06/2021 18h08 | atualizado em 08/06/2021 18h12

Paulo Guedes, ministro da Economia
Paulo Guedes, ministro da Economia Foto: Marcos Corrêa/PR

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (8) que o governo não fará populismo fiscal em busca da reeleição do presidente da República, Jair Bolsonaro.

– Temem que enlouqueçamos no fiscal por causa da eleição. Nunca faremos isso. Podemos enlouquecer nas privatizações – disse o ministro durante evento promovido pelo Bradesco BBI.

Em entrevista no fim de maio ao jornal Folha de S.Paulo, Guedes disse que o governo jogou “na defesa” nos primeiros três anos da gestão, controlando despesas.

– Agora vem a eleição. Nós vamos para o ataque. Vai ter Bolsa Família melhorado, BIP (Bônus de Inclusão Produtiva), o BIQ (Bônus de Incentivo à Qualificação). Vai ter uma porção de coisa boa para vocês baterem palma. Tudo certinho, feito com seriedade, sem furar teto, sem confusão – disse Guedes à Folha.

Nesta terça, no evento do Bradesco BBI, o ministro voltou a falar do novo programa social e reafirmou que os gastos com a medida ficarão dentro do Orçamento e do teto de gastos, a regra que limita o avanço das despesas à inflação.

*Estadão

Leia também1 Guedes considera prorrogação do auxílio emergencial
2 Governo discute bancar renda básica por meio de privatizações
3 Queiroga: 'Copa América é um evento pequeno, não Olimpíada'
4 Bolsonaro: Se o PT voltar, vai plantar maconha no Alvorada
5 Pix terá mecanismo especial de devolução de dinheiro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.