Leia também:
X Prova de vida pode ser feita sem sair de casa

Guedes confirma que governo prorrogará auxílio por 3 meses

Valores devem ser mantidos no mesmo nível das atuais parcelas

Paulo Moura - 14/06/2021 07h47 | atualizado em 14/06/2021 09h47

Ministro Paulo Guedes anuncia antecipação do 13° salário para aposentados
Ministro Paulo Guedes Foto Albino Oliveira /Ministerio da Economia

O governo federal “bateu o martelo” sobre a prorrogação do auxílio emergencial por mais três meses. A informação foi confirmada pelo próprio ministro da Economia, Paulo Guedes, ao colunista Igor Gadelha, do Metrópoles. De acordo com a publicação, a decisão foi tomada em uma reunião de ministros realizada na semana passada.

Os valores devem ser mantidos no mesmo patamar das atuais parcelas, variando de R$ 150 a R$ 375. A prorrogação deve ser formalizada por meio da edição de uma medida provisória (MP) a ser publicada em breve. Na última semana, Guedes já admitia, nos bastidores, a prorrogação do benefício por até três meses.

A fase atual do auxílio emergencial começou a ser paga em abril deste ano e tem quatro parcelas, que se encerrarão em julho. As três novas parcelas, portanto, devem ser pagadas de agosto a outubro. A primeira edição do programa começou em abril do ano passado, com um valor inicial de R$ 600, e seguiu até o mês de dezembro.

Leia também1 Carlos Bolsonaro ironiza foto de Lula: 'Aglomeração do bem'
2 Desafiador, Netanyahu promete voltar logo ao poder em Israel
3 Brasil vence Venezuela por 3 a 0 em estreia na Copa América
4 Bolsonaro posta foto vendo jogo da Copa América no SBT
5 Luciano Huck diz que liberação do uso de máscaras é "sadismo"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.