Guedes: “Agenda construtiva virá após a Previdência”

Ministro da Economia compareceu à Câmara dos Deputados nesta terça-feira

Pleno.News - 04/06/2019 15h53

Ministro da Economia, Paulo Guedes Foto: Presidência da república/Marcos Corrêa

Nesta terça-feira (4), o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo planeja apresentar uma agenda construtiva para o Brasil após a aprovação da reforma da Previdência. De acordo com ele, é importante manter o impacto fiscal de R$ 1 trilhão previsto para que o país possa acertar as contas.

A declaração foi dada à comissão da Câmara dos Deputados que discute a medida.

– A reforma da Previdência á apenas o início. Quando falamos em impacto de R$ 1 trilhão não estamos cortando, mas recalibrando despesas futuras (…) Temos insistido manter esse impacto porque nos permite encerrar a fase de contenção. Aí passamos para a agenda construtiva – apontou.

Para o ministro, com os recursos obtidos com a reforma, o Brasil poderá resolver os problemas econômicos.

– Essa força fiscal nos permitirá escapar de uma armadilha que aprisiona o Brasil em um desemprego em massa e no baixo crescimento econômico (…) Há algo de muito ruim a ser corrigido. E o desajuste fiscal é a manifestação extrema sobre esse descontrole dos gastos público – ressaltou.

Guedes foi convocado para a comissão, e por isso foi obrigado a ir. Durante a sessão, no entanto, ele deixou claro que iria comparecer de qualquer maneira.

LEIA TAMBÉM+ Ratinho exibe entrevista com Bolsonaro e pode vencer Globo
+ Maia irá cancelar viagens de deputados pela Previdência