Leia também:
X Paulo Guedes diz que já resolveu problema dos negativados

Governo zera imposto do etanol e de 6 alimentos até o fim do ano

Medida deve resultar em diminuição de 20 centavos no valor do litro da gasolina na bomba

Paulo Moura - 22/03/2022 09h39 | atualizado em 22/03/2022 09h55

Governo zerou imposto de importação do etanol Foto: Pixabay

O Ministério da Economia anunciou, nesta segunda-feira (21), que zerará as tarifas de importação sobre o etanol e de seis alimentos até o final deste ano. Além disso, foi anunciada a redução em 10%, de forma permanente, da tarifa que incide sobre bens de capital, de informática e telecomunicação.

De acordo com o secretário de Comércio Exterior, Lucas Ferraz, as estimativas mostram que a redução na tarifa do etanol poderá diminuir em 20 centavos o preço do litro da gasolina na bomba. As medidas devem gerar um custo de R$ 1 bilhão por ano aos cofres do governo federal. A perda de arrecadação, porém, não precisa ser compensada por se tratar de um imposto regulatório.

Já sobre os alimentos, Ferraz disse que zerar o imposto de importação de alguns itens da cesta básica “seria um fator que contribuiria para o arrefecimento da dinâmica inflacionária”. Os alimentos que terão imposto de importação zerado são café moído, margarina, queijo, macarrão, açúcar e óleo de soja.

No dia 25 de fevereiro, o governo federal publicou um decreto que altera a tabela do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). O decreto permite uma redução da alíquota até 25% para a grande maioria dos produtos. O tributo em questão incide sobre a atividade industrial e é uma tentativa do governo federal de estimular a economia.

Leia também1 Zelensky propõe abrir mão da Otan em prol de cessar-fogo
2 Polícia apura vazamento de áudio de menino que matou por causa de celular
3 Petrópolis: Doações apodrecem, e Justiça determina incineração
4 Deputado Daniel Silveira volta a criticar Alexandre de Moraes
5 Bolsonaro ganha troféu de maior 'pescador de traíras do Brasil'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.