Leia também:
X Bolsonaro cita Miriam Leitão e ironiza “a isenta imprensa brasileira”

Governo pagou R$ 569 milhões de dívidas dos estados em março

Maior valor arcado pelo governo em março foi com a inadimplência do Rio de Janeiro, de quase R$ 200 milhões

Paulo Moura - 08/04/2022 08h46 | atualizado em 08/04/2022 09h39

Governo federal teve que arcar com mais de R$ 560 milhões em dívidas dos estados Foto: Pixabay

O governo federal teve que arcar com R$ 569,46 milhões em dívidas atrasadas dos estados no mês de março. O número foi divulgado nesta quinta-feira (7) pela Secretaria do Tesouro Nacional e diz respeito às dívidas garantidas pela União e não honradas por cinco estados.

O maior gasto do governo federal em março foi com a inadimplência do Rio de Janeiro, com R$ 195,46 milhões. Na sequência, estão os estados do Rio Grande do Sul, com R$ 182,66 milhões; Minas Gerais, com R$ 109,91 milhões; Goiás, com R$ 76,40 milhões; e Rio Grande do Norte, com R$ 5,03 milhões.

Ao todo, a União honrou R$ 2,12 bilhões em dívidas garantidas de entes subnacionais. Os estados com os maiores valores arcados pelo Tesouro foram Minas Gerais (R$ 1,08 bilhão, ou 50,93% do total), Rio de Janeiro (R$ 429,58 milhões, ou 20,30% do total) e Goiás (R$ 410,94 milhões, ou 19,41% do total).

As garantias em questão representam os ativos oferecidos pela União – representada pelo Tesouro Nacional – para cobrir eventuais calotes em empréstimos e financiamentos dos estados, municípios e outras entidades com bancos nacionais ou instituições estrangeiras, como o BID, Bird e o Banco Mundial.

Como é o garantidor das operações, o Tesouro é comunicado pelos credores dessas dívidas de que não houve a quitação de determinada parcela do contrato. Caso o ente devedor não cumpra suas obrigações no prazo estipulado, o Tesouro compensa os calotes, mas desconta o valor coberto com bloqueios de repasses federais ordinários, além de impedir novos financiamentos.

Leia também1 Após depor à PF, Jair Renan nega tráfico de influência: 'Revoltado'
2 Toda semana tem show na live do presidente, diz Eduardo Bolsonaro
3 Marquezine critica “fãs de Jesus” e é rebatida por pregadora
4 Pacheco: "CPI do MEC passa por crivo da presidência do Senado"
5 Damares Alves a Lula: “O pai da mentira é o diabo”

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.