Leia também:
X Saiba como calcular o 13° salário e até quando será o pagamento

Governo eleva projeção, e salário mínimo pode chegar a R$ 1.210

Previsão do INPC, utilizado para calcular aumento do mínimo, subiu de 8,4% para 10,04%

Paulo Moura - 17/11/2021 15h18 | atualizado em 17/11/2021 15h48

Salário mínimo poderá aumentar mais do que o previsto Foto: Fotos Públicas/Rafael Neddermeyer

A Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia divulgou, nesta quarta-feira (17), que a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) deste ano subiu de 8,4% para 10,04%. O percentual é a base utilizada anualmente pelo governo para corrigir o salário mínimo. Por isso, caso a previsão se confirme, o reajuste do valor poderá ser maior do que o estimado.

Atualmente, o salário mínimo é de R$ 1.100. Com a nova previsão para o INPC no acumulado de 2021, o valor subiria para R$ 1.210,44 no ano que vem, valor que está R$ 41,44 acima da última proposta oficial do governo para o salário mínimo em 2022, divulgada em agosto, de R$ 1.169.

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário mínimo serve de referência para cerca de 50 milhões de pessoas no Brasil, das quais 24 milhões são beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Na prática, o valor do salário mínimo não funciona apenas como referência, mas impacta diretamente nas contas públicas. Isso ocorre porque os benefícios da Previdência não podem ser menores que o valor do mínimo. De acordo com cálculos do governo, a cada R$ 1 de aumento do salário mínimo criou-se uma despesa em 2021 de aproximadamente R$ 355 milhões.

Leia também1 'Cara do governo é competência, honestidade e seriedade'
2 CCJ aprova que desoneração da folha seja prorrogada até 2023
3 Doria lança jingle para prévias: 'Doria disparou', e vira piada
4 Saiba como calcular o 13° salário e até quando será o pagamento
5 Diária de Bolsonaro em hotel de luxo no Catar é cortesia do sheik

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.