Leia também:
X Rodrigo Maia diz que CPMF terá dificuldades na Câmara

Golpe no WhatsApp usa saque e consulta do FGTS como isca

Usuário deve ficar atento ao clicar em mensagens contendo informações sobre benefício

Paulo Moura - 11/09/2019 15h08

Novo golpe pelo WhatsApp utiliza o FGTS como isca Foto: Divulgação

Os saques das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começam nesta sexta (13), e devem alcançar cerca de 96 milhões de brasileiros. Com tantas pessoas envolvidas, e uma quantidade gigante de recursos a ser liberada, o fato chama atenção também de criminosos. Por conta disso, diversos golpes começaram a ser registrados pelo WhatsApp tendo como isca o benefício.

De acordo com a PSafe, desenvolvedora brasileira de aplicativos para segurança digital, 130 mil pessoas foram vítimas de golpes, compartilhados pelo aplicativo de mensagens, em apenas dois dias. O diretor do laboratório especializado em segurança digital da startup, Emilio Simoni, afirma que o saque do FGTS é uma temática de muito sucesso para os que cometem fraudes.

– Somente neste mês, foram 19 páginas criadas com o objetivo de roubar a senha do cartão cidadão e dados do PIS/Pasep dos brasileiros. Dessas, seis estão no ar neste momento, sendo enviadas via SMS e redes sociais – alerta.

As mensagens divulgadas têm perguntas como: “Deseja sacar todo seu FGTS?” ou “Você sacou algum valor do FGTS nos últimos 3 meses?”. Ao clicar no link da mensagem, o usuário expõe seus dados e é induzido a compartilhar a mensagem com amigos. Em outro golpe, são divulgadas informações falsas sobre um pagamento retroativo de R$ 1.760 do FGTS. A vítima é induzida então a passar seus dados pessoais e a compartilhar o link.

Para não cair em golpes, especialistas em segurança digital alertam que é importante destacar que os bancos não enviam mensagens com links pedindo nenhuma informação sobre o correntista. Ao identificar a fraude, o usuário deve comunicar imediatamente o seu banco e a operadora de celular para mudar as senhas da sua conta, cartões, celular, entre outras.

Leia também1 Amazon Prime chega ao Brasil com serviços ilimitados
2 Canais infantis no YouTube não serão mais monetizados
3 China fará teste de táxi sem motorista em ruas de Xangai

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.